Teve o cartão clonado? Saiba o que fazer e como evitar o golpe

Infelizmente, milhares de cartões de crédito são clonados todos os dias. Logo, caso você receba uma notificação de uma compra desconhecida no seu celular, é bem provável que a sua tarjeta tenha sido copiada por criminosos. Mas, fique tranquilo, pois há solução! Neste artigo, você vai aprender 5 dicas de segurança para não ter o cartão clonado, além de saber exatamente o que fazer, caso seja vítima do golpe.

O crime, por sinal, é um dos mais praticados com cartões de crédito no Brasil. De acordo com uma recente pesquisa realizada pelo laboratório de segurança digital da PSafe, para cada 6 brasileiros, 1 já foi vítima do golpe.

E não é só isso. Muitos brasileiros têm medo de comprar itens pela Internet, só pelo medo de terem seus cartões de crédito clonados. A prática criminosa o assombra consumidores todos os dias.

Você, no entanto, não deve abrir mão de utilizar o produto e das facilidades que ele oferece apenas por medo! É possível evitar o golpe do cartão clonado tomando alguns cuidados simples, tanto em compras físicas, como em compras online. Vamos conferir?

Cartão Clonado – O que é?

Um cartão é clonado quando um criminoso tem acesso aos seus dados. Os dados do cartão de crédito, como você sabe, são o número da tarjeta, a data de vencimento, o código de segurança e o nome que está impresso.

De posse desses dados, já é possível clonar o cartão. Aí, fica bem simples para o golpista realizar diversas transações pela internet, como se fosse você.

Antigamente, os criminosos clonavam as tarjas magnéticas dos cartões de crédito, lembra? Você passava o cartão na maquineta, que segurava os seus dados através da tarja.

Hoje, com o uso dos chips, ficou mais difícil clonar os cartões. Mesmo assim, os criminosos cibernéticos sempre dão um jeitinho de roubar as informações dos cartões e fazer novas vítimas.

Como evitar que meu cartão seja clonado?

homem com cartão de crédito clonado

Evite compartilhar dados em redes sociais

Compartilhar os seus dados em redes sociais ou aplicativos de troca de mensagens vai facilitar bastante a vida dos criminosos. Portanto: evite!

Não é seguro informar os seus dados por mensagem, tampouco enviar fotos com a frente e o verso do seu cartão. Mesmo que a pessoa para quem você está mandando as fotos e informações seja de confiança, existem hackers sempre a postos acessando celulares para roubá-los.

Desconfie de promoções boas demais

Sabe aqueles links ou SMS que você recebe com promoções boas demais para ser verdade? Pois é, você pode estar prestes a ser vítima de um golpe chamado Phishing, termo em inglês que remete à pescaria.

Os criminosos torcem para que alguém confie na promoção e chegue a, pelo menos, cadastrar os dados do cartão nos campos indicados para realizar a compra. E, assim, eles roubam esses dados para clonar o cartão.

Use o pagamento por aproximação

A maquininha de cartão é um dos instrumentos mais utilizados por golpistas para roubar os dados do seu cartão de crédito. Portanto, é sempre bom evitar inserir o seu cartão e digitar a senha, por exemplo.

A grande maioria dos cartões de crédito já vem com a tecnologia do pagamento por aproximação. Portanto, use-a para não terminar com o cartão clonado.

Não cadastre o seu cartão em aplicativos

Cadastrar os seus cartões de crédito em aplicativos também facilita bastante a vida dos bandidos, sabia? Se o aplicativo não for oficial, então… as coisas podem ficar mais fáceis ainda para o “lado de lá”.

Existem milhares de jogos e apps, criados APENAS para cumprir o propósito de roubar os dados do seu cartão de crédito. Portanto, tome cuidado e evite cadastrar a tarjeta em apps.

Não dê bobeira com o cartão de crédito

Muitas pessoas têm o seu cartão fotografado durante as compras presenciais. O golpe funciona assim: quando os clientes retiram o cartão das bolsas ou carteiras, o vendedor as distrai com conversas aleatórias.

Isso dá tempo para quem alguém, discretamente, fotografe as tarjetas e consiga clonar o cartão. Com fotos desse tipo, o criminoso tem acesso a todos os dados que precisa para realizar compras online tranquilamente.

Quer ter mais segurança também ao usar o PIX? Confira o nosso artigo sobre o tema!

Meu cartão foi clonado. E agora?

mulher ligando para informar sobre cartão clonado

Se você recebeu a notificação de uma compra que não realizou, não precisa se desesperar! Antes de tudo, cancele o seu cartão, através do aplicativo ou da Central de Atendimento.

Levante quais foram as compras não realizadas por você e acione o banco, entrando em contato para informar que o seu cartão foi clonado. Logo, o seu banco fará o estorno do seu dinheiro e lhe dará um novo cartão de crédito.

Se você quiser, também pode registrar um Boletim de Ocorrência! Será positivo na hora de pedir o cancelamento do cartão e o dinheiro de volta.

Esperamos que as dicas deste artigo te ajudem a não cair no golpe do cartão clonado! E para deixar os seus amigos mais informados e seguros, que tal compartilhar o nosso conteúdo nas suas redes sociais?

Em Alta

Aguarde…

0