Confira as vantagens do financiamento Caixa com juros fixos

Conquistar a casa própria não é tão simples como parece, não é verdade? Existem várias formas para fazê-lo; o uso de carta emitido por um consórcio ou financiamento imobiliário, bancário ou por uma financeira, entre outras.

Embora, pareça vantajoso a existência de várias opções, a verdade é que elas podem causar mais confusão que ajudar de fato o consumidor na hora de optar por uma delas para a aquisição do imóvel.

Anúncios


São tantas coisas para avaliar, juros, CET, taxas, encargos e outros tipos de tarifas inclusas e, por vezes, embutidas. Dessa forma, trouxemos ao nosso Blog a opção do financiamento de imóveis da Caixa Econômica Federal, hoje, com a disponibilidade de juros fixos. Uma novidade implementada pelo Banco Estatal nesse ano.

Quer saber os detalhes dessa novidade e quais as mudanças para a oferta desse serviço financeiro na modalidade financiamento de imóveis?

É só ficar aqui com a gente e ler o tema até o final, com certeza você irá se surpreender.

Vamos juntos?

Sobre a Caixa Econômica Federal

Controlado pelo Governo Federal, o Banco Caixa, é dos maiores bancos do país, além de ser a instituição usada pelo Governo para o pagamento e financiamento de seus programas sociais; Bolsa Família, Auxílio Emergencial, por exemplo, criado no ano de 1868, ainda no período imperial por decreto de Dom Podre II.

Anúncios


Hoje a Caixa é respeitada no Brasil e no Mundo, presente no mercado financeiro da América Latina, tem seu posto comercial firme e robusto e isso acorreu por seu aporte financeiro em outros seguimentos como, por exemplo, o Caixa Seguros.

Sobre a modalidade de crédito financiamento

Anúncios


A modalidade mais atrativa do mercado consumidor do Brasil, o financiamento, é acessado constantemente pela facilidade em contrair o bem a partir da assinatura do contrato, desse modo, se torna uma opção mais eficiente para aqueles que têm pressa em adquirir o bem.

Assim, a modalidade de crédito atende a urgência desde logo do consumidor, dessa forma, o processo de solicitação ocorre da seguinte maneira: a partir de uma entrada ou sinal de contraprestação do valor pretendido, o consumidor terá a liberação de valor certo e proporcional ao bem.

Quais as vantagens do financiamento Caixa?

Na Caixa Econômica Federal você poderá optar por um dos três tipos de fatores de correção para as taxas de juros na modalidade de crédito financiado; TR, IPCA e o mais novo Prefixado, assim o dinamismo para aquisição do seu bem é ainda mais simplificada e vantajosa.

Anúncios


Além disso, o custo final do encargo é mais dinâmico e reduzido em comparação a outros tipos de financiamento imobiliário, inclusivo ofertados por outros bancos, dessa forma, a variação de projetada não sofre com as alterações do mercado financeiro do país.

Por fim, a Caixa proporciona o parcelamento do seu financiamento em até 35 anos, e em acordo com a escolha no tipo de correção monetária feita pelo cliente.

Quais as diferenças entre TR, IPCA e Taxa Fixa do Financiamento imobiliário da Caixa?

As modalidades de correção monetárias aplicadas pela Caixa Econômica Federal variam em acordo com a realidade da economia do país, sobre o TR e IPCA, com exceção da Taxa Fixa que não sofre com essa variação de reajuste e contempla o financiamento com taxas prefixadas até o final do contrato.

Anúncios


Dessa forma, se você escolher as taxas TR e IPCA sua variação poderá ser apresentadas em juros flutuantes dentre de uma margem projetada – ou seja, um base de cálculo é determinada sobre o montante financiado, contudo, seu acréscimo anual é feito por um porcentagem em acordo com a variação do mercado interno brasileiro.

Porém, na opção de Taxa Fixa, com já adiantamos acima; os juros não sofrem essa variação, de maneira que a projeção implementada pela Caixa é prefixada, desde a assinatura do contrato, determinando o valor ao final do contrato, sem grandes variações ou mesmo novidades no valor.

Como é aplicada essa diferenciação?

Desde a sua implementação em fevereiro/2020, a Taxa Fixa Caixa tem apresentado uma variação de percentual entre 8.00% a 9,75% ao ano.

Anúncios


Como já era de habitual nos financiamentos imobiliários da Caixa, os juros para correção monetária nas categorias TR e IPCA, respectivamente, apresentam uma variação de 2,95% a 4,95% ao ano e de 6,50% a 8,50% ao ano.

Essa margem de percentual irá variar, além da escolha de aplicação, as condições de financiamento – número de parcelas, forma de pagamento, amortização da dívida, entre outros detalhes particular a negociação com o Banco.

Qual delas é a mais vantajosa no Financiamento Imobiliário da Caixa?

Isso vai depender da sua necessidade e do como você poderá pagar a dívida, contudo, sobre um projeção, no cenário com variação e juros em cerca de 3.95% ao ano sobre o valor do imóvel avaliado em 300mil, a IPCA e TR poderá sofrer variação de reajuste em suas parcelas sobre os juros mensais, projetando um variação maior a cada mês sobre a realidade do imóvel.

Anúncios


Por fim, para as Taxa Fixas, essa modulação monetária poderá alcançar índices de redução progressivo durante o curso do contrato para amortização da dívida, ou seja, as parcelas poderão diminuir sem sofrer alteração quanto a correção das variações externas ao contrato.

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Por fim, acesse as várias informações sobre o Financiamento Caixa, entre outros, aqui em nosso blog e análise para aquisição de seu imóvel.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0