Descubra se vale a pena contratar um empréstimo durante a pandemia

Durante a pandemia da Covid-19 descobrimos que a crise não apenas afetou as áreas da saúde e sanitárias, mas a financeira de todo o mundo.

Em pesquisa realizada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae, ficou demonstrado que 88% das empresas apresentaram uma queda em faturamento no período pandêmico, nesse rumo, a mesma pesquisa ressalta cerca de 55%, dessas empresas, irão precisar solicitar um empréstimo para evitar seu fechamento e manter o quadro de funcionários.

Anúncios


Embora, seja mais frequente as empresas demonstrarem prejuízos durante uma crise, várias famílias brasileiras, também, apresentaram uma redução em sua renda, segundo pesquisa do IBGE são mais de 40 milhões de brasileiros em situação de pobre extrema, isso no período de março/2020 a junho/2020.

Desse modo, várias instituições financeiras e bancárias adotaram várias medidas pata minimizar os danos e os prejuízos dessa crise, contudo, resta a indagação: “Realmente é vantajoso contrair um contrato de empréstimo durante a pandemia?”

Para te ajudar a entender melhor sobre o assunto e, ainda, esclarecer as vantagens com relação a essa linha de crédito, nosso blog criou esse artigo com o intuído de orientar nossos leitores e demonstrar as razões sobre esse crédito nesse momento.

Vamos juntos!

Anúncios


Sobre o empréstimo

Uma das modalidade de crédito mais acessada pelo brasileiro, o empréstimo, apenas de um tipo de crédito facilitado, possui várias modalidade e variações de acordo com a necessidade, situação e exigências das instituições financeiras e bancárias e dos consumidores.

Anúncios


Dessa forma, se você necessita de acessar esse crédito, contudo, possui restrições no mercado financeiro – por exemplo, restrição do nome ou CPF nos órgãos de proteção ao crédito, poderá acesso na modalidade consignado ou por garantia, sendo pessoa física.

Assim, se você possuir um negócio – PJ (Pessoa Jurídica), por exemplo, sua solicitação será feita por aporte de capital, quando a empresa demonstra que possui um controle sobre suas finanças e constitui um projeto de gastos e receita.

Anúncios


Como funcionam os empréstimos?

Como já dito acima; o empréstimo possui várias modalidades, incluindo as diferenciadas PF e PJ, o banco ou instituição financeira libera o valor com a assinatura do contrato, seu pagamento é efetuado de maneira parcelada.

Na modalidade consignado, você poderá solicitá-lo por consignação para PF; com a apresentação de um vínculo, beneficiário do INSS, servidor ou empregado, de instituição pública ou privada, com o desconto das parcelas mensais diretamente na folha de pagamento do contratante.

Os juros e taxa para a citada modalidade são menores e mais flexíveis, já que não ocorre atraso e seu pagamento, contudo, toda e qualquer alteração será debitada automaticamente.

Já para as PJ essa modalidade não está disponível, contudo, pessoas jurídicas gozam de certas isenções para contrair empréstimos em instituições financeiras e bancárias, o próprio Governo – devido ao cenário pandêmico, tem adotado medidas que facilitem essa liberação de crédito.

Anúncios


Outra modalidade é a com garantias, nesse caso para PF e PJ, o contratante vincula um bem ao contrato de empréstimo, o qual, garantirá o pagamento ou seu bem assumirá a dívida e passará a ser da contratada, em caso de não pagamento.

Qual a atitude dos bancos para amenizar o atual cenário de crise?

Diante das grandes dificuldades impostas por essa crise, as instituições bancárias adotaram medidas que visam o benefício na concessão de empréstimo, como já dito; o próprio Governo Federal fomentado essa atitude, dessa forma, a medida adotada pelos bancos, físicos e digitais, como, por exemplo,  Banco do Brasil, Caixa, Itaú e Santander, e, fintechs, como o Nubank.

Assim, tais medidas visam auxiliar as pessoas físicas e jurídicas a diminuírem os danos causado pela crise. Sendo assim, uma das atitudes adotadas é a redução dos juros e das taxas sobre os valores contratados, além disso, os prazos mais ampliados e a redução de critérios para sua liberação.

Anúncios


Um dos exemplos de redução de taxas e juros; a Caixa Econômica Federal, reorganizou seu portifólio de tarifas quanto a concessão de empréstimo consignado e, além disso, ampliou o número de parcelas para o pagamento da dívida quanto ao empréstimo para PJ.

Para socorrer o micro, pequeno e médio empreendedor, empresas como Itaú, Santander, BB – Banco do Brasil e BNDES, tem ofertado crédito emergencial para o pagamento de dívidas internas – como o pagamento de folha, tudo para facilitar a vida do empreendedor.

Como saber se o empréstimo será vantajoso?

Primeiro passo: o CET e os juros.

Se você busca um empréstimo no sufoco, com toda a certeza, vai pagar mais caro por ele. Isso ocorre porque na correria não observamos o Custo Efetivo Total ou as tarifas e encargos administrativos.

Assim, antes de sair por aí solicitando empréstimo, observe e compre cada tarifa, taxa, juros e principalmente o CET.

Anúncios


Posso contratar empréstimo com qualquer instituição bancária ou financeira?

Não! Antes de contrair crédito com qualquer instituição busque informações sobre ela, inclusive no site no BC – Banco Central, afinal de contas, apenas empresas autorizada e regulares são autorizadas a efetuar transações de crédito, do contrário, quanto irregulares, não existe nada que garanta a segurança de seus dados e informações fornecidas.

Como solicitar um empréstimo durante a pandemia?

Como nós frisamos aqui já; existem várias empresas que disponibilizam o empréstimo, físicas e online, contudo, para qualquer uma delas será necessário a apresentação de documentação pessoal; RG/CNH, CPF, Comprovante de Renda e Residência, além daqueles dependendo da modalidade.

Por fim, acessa a agência, site ou aplicativo mobile da empresa e solicite seu cadastro, em seguida, solicite seu empréstimo e aguarde a análise da empresa sobre seus dados.

Anúncios


Por fim, quando for liberado, o dinheiro será depositado em sua conta.

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Por fim, acesse a outras informações financeiras sobre empréstimo aqui em nosso blog.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0