Empréstimo em 2021: Vale a pena?

Descubra se esse é o ano em que você deveria pegar aquele empréstimo sobre o qual vem pensando há algum tempo!

Atualmente, 66,5% dos brasileiros estão endividados. Esses dados são o resultado de um estudo realizado em 2020 pela Confederação nacional do comércio de Bens, Serviços e Turismo. Diante desse cenário, muita gente se pergunta se esse não seria o momento ideal para pedir um empréstimo ao banco, e vamos combinar que, com a pandemia, a dúvida aumentou um bocado, devido à crise econômica. 

Anúncios


Os índices dessa pesquisa vieram a público no final do último mês, e os fatos mostram que, em 11 anos, o patamar de endividamento nunca esteve tão alto. O último recorde foi registrado no ano de 2019, quando cerca de 63% dos cidadãos estavam endividados. Diante disso, saiba que pegar ou não um empréstimo nunca será uma decisão fácil ou simples! Porém, existem 5 maneiras de verificar se esse realmente é o momento certo. Confira! 

Porque desejo pegar um empréstimo? 

Se pegar um empréstimo com o seu banco valerá a pena ou não, dependerá de muitas coisas. A primeira delas é a intenção por trás do que você está fazendo! Qual o motivo real de você estar solicitando este empréstimo? Ele existe de fato? É para pagar as suas dívidas, para investir? Comprar algum bem de valor cuja quantia você não tem?

Responda, para si mesmo, cada uma dessas perguntas. Avalie-se e identifique se esse dinheiro virá para que a sua vida ande para frente, ou se existem riscos de ele se tornar uma nova dívida em sua vida! 

Anúncios

De quanto preciso? 

Fonte: Google

Não é novidade para ninguém que, antes de efetivar o seu empréstimo, é de extrema importância que a quantidade necessária esteja na ponta do lápis! 

Anúncios


Não queremos que você corra o risco de solicitar um valor abaixo do que você realmente precisa e necessite solicitar outro empréstimo! Até porque, as taxas de juros estão sempre variando de período em período. 

Nós também não queremos que você solicite Maia do que o necessário, ou aceite um valor de parcela que não caberá no seu bolso. Ao fazer isso, ao invés de estar solucionando um problema, você estará criando mais um! 

Anúncios

Meu banco é confiável? 

Milhões de instituições financeiras oferecem empréstimos. Atualmente, as opções de empréstimo on-line só se multiplicam, o que aumentou a concorrência entre as instituições financeiras e gerou mais opções de qualidade para os consumidores. 

Todavia, é necessário estar atento, pois também existem golpes na internet. Para conhecer instituições que oferecem empréstimos de qualidade, clique abaixo! Você será direcionado para o artigo em que nós te damos diversas opções de confiança para que você possa fazer a solicitação do seu empréstimo com tranquilidade. 

Observe juros e taxas 

Não basta saber se a financeira da qual você pedirá o dinheiro emprestado é segura. Você precisa fazer uma análise criteriosa antes de decidir por um empréstimo pessoal, seja onde for. 

Anúncios

Compare as diferentes instituições e suas taxas de juros! Elas estão sempre variando de uma para a outra, é uma única escolha errada pode significar peso para o seu bolso!  Por isso, fique esperto! Antes de fechar com o primeiro acordo que aparecer na sua frente, faça a cotação em outros bancos e surpreenda-se com o quanto eles podem variar entre si. 

Simule e calcule o valor da parcela

Aqui no blog estamos sempre lembrando aos nossos leitores que desejam tirar um empréstimo a respeito da importância da simulação. É através dela que você saberá o valor total das parcelas. Isso te trata clareza na hora de decidir se aquele é um bom negócio para você ou não. 

O Custo Efetivo Total (CET) é previsto na simulação, é assim você ficará por dentro do valor das parcelas acrescidos de juros e taxas. 

Coloque os seus gastos fixos e variantes na ponta do lápis e confira se o valor das parcelas não vai te gerar mais problemas. Caso você não faça isso é termine se sufocando nas parcelas, você pode acabar parcelando o valor por mais vezes, o que consequentemente aumentará os juros e o Custo Efetivo Total. 

Anúncios

Um empréstimo deve sempre vir como uma solução, nunca como um problema. Afinal, você já tem problemas demais para trazer mais um para a sua vida financeira. 

Saber se um ano será bom ou não para pedir um empréstimo irá depender mais de como você está atravessando aquele ano do que qualquer outra coisa. Inclusive, o seu estado emocional pode contribuir no final das contas. É necessário estar organizando no bolso e equilibrado na mente para utilizar a quantia adequadamente. 

Se essas dicas serviram para te dar um norte, elas podem fazer o mesmo pelos seus amigos e familiares. Por isso, compartilhe esse conteúdo valioso em suas redes sociais! 

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta