Autônomo? Confira essas 6 dicas para pedir o seu empréstimo pessoal

Se você trabalha como profissional autônomo, precisa de dinheiro e não consegue aprovação, confira essas 6 dicas para finalmente ter o seu empréstimo aprovado!

Para muitos cidadãos, não é fácil ter um empréstimo aprovado no banco. É por isso que hoje, o nosso blog vai te dar 6 dicas valiosas para conseguir, de uma vez por todas, a tão sonhada aprovação do crédito pessoal.

A busca por crédito aumentou cerca de 19% no terceiro trimestre de 2020, de acordo com uma pesquisa realizada por empresas de crédito online. De acordo com essa mesma pesquisa, a maioria dos interessados em contratar essa modalidade de empréstimo foram os profissionais liberais. Os autônomos, sozinhos, representam 43% do número total de solicitações. 

Anúncios


Segundo a Bom Pra Crédito, principal Fintech envolvida na pesquisa, essa procura foi superior comparada ao mesmo período de 2019. Autônomos, profissionais liberais e empresários foram as categorias que demonstraram mais interesse em contratação de crédito.

Ainda de acordo com a fintech, a crise trazida pelo Corona Vírus (COVID-19) é a justificativa mais utilizada por eles. Além de que, de acordo com pesquisa realizada pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, este é um público que vem crescendo no país.

Aproximadamente 28,4 milhões de trabalhadores foram registrados categoria pelo IBGE apenas no último mês de setembro. O que representa um crescimento de quase 1% da categoria em relação a agosto.

Isso mostra que o brasileiro não está parado e tem buscado alternativas, diferentes fontes de renda, para enfrentar o momento de crise que passamos. Ainda de acordo com o IBGE, o aumento é de 34,6% se comparado ao mês de junho.

Anúncios


Porém, mesmo com esse aumento na categoria, muitos profissionais acabam encontrando diversos obstáculos na hora de conseguir um empréstimo pessoal para dar continuidade a seus negócios.

Anúncios


É por este motivo que nós vamos te apresentar hoje a estas 6 preciosas dicas para que você, autônomo, finalmente possa ter o seu empréstimo aprovado no banco. Confira!

6 dicas para conseguir o seu empréstimo pessoal

1 – Torne-se MEI e comprove a sua renda

Comprovar a renda é um dos problemas mais enfrentados por profissionais liberais e autônomos, pois o fato de não conseguir comprovar a renda poderá impedir a liberação do crédito.

Para conseguir comprovar a sua renda sendo autônomo, sugerimos que você se torne MEI – Micro Empreendedor Individual. Assim, você vai poder acessar crédito de maneira mais fácil e rápida, pois poderá comprovar a sua renda por meio do IR (Imposto de renda). 

Anúncios


2 – Crie uma conta em um banco digital

Criar uma conta digital é uma ótima alternativa para quem está tentando um empréstimo há algum tempo e não consegue aprovação em nenhum banco.

Com várias ofertas de diversas fintech’s, você fará uma conta sem taxas ou tarifas e, ao movimentá-la e criar vínculo com a instituição financeira, você automaticamente estará comprovando a sua renda e em algum tempo estará apto a solicitar um empréstimo pelo mesmo banco digital.

3 – Pesquise um empréstimo que atenda às suas necessidades específicas

Existem inúmeras modalidades de empréstimos oferecidas pelas instituições financeiras. Por isso, é importante que você pesquisa por um que atenda a necessidade que está tendo no momento.

Não vale a pena fazer a contratação de um empréstimo que apresente parcelas maiores ou que comprometam a maior parte da sua renda mensal, por exemplo. Fique atento também aos prazos de pagamentos.

Anúncios


4 – Analise as vantagens oferecidas pelos bancos ao ceder o empréstimo

É desvantagem para o cliente focar em apenas uma empresa para realizar o seu empréstimo, já que as taxas variam de uma para a outra.

Por isso, sugerimos que você pesquise a respeito de diversos empréstimos oferecidos por diferentes instituições, faça simulações gratuitas e contrate um crédito que esteja realmente ao seu favor, e a favor de solucionar o seu problema, antes de te trazer outro maior.

5 – Fique atento ao Custo Efetivo Total (CET)

Ao fazer a simulação do seu contrato de empréstimo, esteja atento à sigla CET. O Custo Efetivo Total corresponde a soma total do seu empréstimo com todas as taxas e tarifas que serão cobradas por ele.    

Muitos indivíduos não prestam atenção ao CET, que muitas vezes ultrapassa os juros sobre o montante e, se não for bem avaliado, pode gerar dívidas futuras. Por isso, não deixe de avaliar esse custo antes de assinar o contrato do seu empréstimo pessoal.

Anúncios


6 – Analise o valor das parcelas

É muito importante, ao contratar um empréstimo e realizar a sua simulação, ficar atento ao valor das parcelas.

Como mencionamos acima, um valor de parcela que ultrapasse 50% do seu orçamento mensal pode ocasionar no descumprimento do acordo e lesar não só a financeira que lhe concedeu o empréstimo, como todo o seu futuro financeiro.

Por este motivo você muito provavelmente não será aprovado. Por tanto, simule parcelas que caibam no seu orçamento, evitando contrair um valor que ultrapasse 30% da sua renda total.

Para facilitar aprovação, selecione um valor cujo as parcelas irão comprometer, no máximo, de 15% a 20% do seu rendimento.

Que tal compartilhar essas dicas com os seus amigos nas suas redes sociais? E não se esquece de deixar o seu comentário nos contando se esse artigo foi útil para você!

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0