Empréstimo estudantil: Vantagens e como conquistar o seu

O empréstimo estudantil é uma maneira de financiar os seus estudos. Confira as opções a seguir

Fazer faculdade é um sonho para muita gente. No entanto, o custo de uma graduação no Brasil é alto e não cabe no bolso de todo mundo. Para solucionar esse problema, existe o empréstimo estudantil. Já ouviu falar sobre ele? É uma forma de financiamento exclusiva para universitários. Ela pode ser a solução que você tanto procura para ter o seu curso superior!

Como vou estudar se não tenho dinheiro? Se você não passou em uma universidade da rede pública de ensino, já deve ter se feito essa pergunta. O que você provavelmente não sabe é que existem linhas de crédito específicas para esse fim.

Essas linhas são conhecidas por empréstimo estudantil. Elas são concedidas por instituições que financiam os seus estudos, para que você possa realizar o seu sonho.

Anúncios


Se você deseja fazer uma graduação, mas não tem grana para bancar agora, não deixe de ler este artigo! Vamos te falar tudo sobre o empréstimo estudantil. Preparado? Então, vamos lá.

O que é um empréstimo estudantil?

O empréstimo estudantil é um tipo de financiamento. Esse crédito geralmente é tomado por pessoas que desejam adquirir um bem, mas não tem dinheiro para pagar por ele.

Da mesma forma que financiamos carros e apartamentos, também é possível financiar os estudos. São os empréstimos ou financiamentos estudantis. Através deles, é possível custear o seu ensino superior, curso pós-graduação, profissionalizantes, de idiomas ou até intercâmbios.

As formas de pagamento variam entre as instituições financeiras e os tipos de empréstimo. Eles podem ser integrais ou parciais, vai depender das suas necessidades. Entenda como o empréstimo estudantil funciona a seguir.

Anúncios


Como funciona um empréstimo estudantil?

como funciona o empréstimo estudantil

Funciona assim: Uma instituição financeira pública ou privada paga os seus estudos. Você, por sua vez, devolve o valor de maneira parcelada. Exatamente como em um empréstimo ou financiamento tradicional.

Anúncios


Muita gente lança mão do empréstimo estudantil porque se graduar é um investimento alto. Além disso, estar em dia com a faculdade é essencial para continuar frequentando as aulas.

Quando você financia os seus estudos, não existe risco de inadimplência perante a faculdade. No entanto, você deve se organizar para não atrasar os pagamentos à instituição que financiará a sua formação.

Existem créditos estudantis públicos e também privados. E eles podem ter contrato semestral ou anual. Assim como nas demais modalidades de empréstimo, fazer a simulação é muito importante! Dessa forma, você confere todos os detalhes antes de assinar o contrato.

Anúncios


Vantagens do empréstimo estudantil

A principal vantagem do empréstimo estudantil é que ele torna o ensino superior acessível para milhares de brasileiros que não têm como pagar.

Cursos caros, como Medicina, por exemplo, podem ser financiados por esse tipo de empréstimo. Logo, o empréstimo estudantil se torna uma solução perfeita para que ninguém deixe de fazer faculdade.

Outra super vantagem é que, na grande maioria deles, você só começa a pagar de volta com o diploma na mão. Ou seja: estuda com tranquilidade! Sabe aquele medo de abandonar o curso por atrasos nas matrículas ou mensalidades? Esqueça.

E uma vez que você termina de cursar, as condições de pagamentos costumam ser bem flexíveis. Ou seja, elas cabem no bolso! E, se você precisar, ainda pode negociar um reajuste junto à instituição financeira.

Empréstimo estudantil – Quais as opções?

Como mencionamos anteriormente, existem empréstimos estudantis públicos e privados. Abaixo, listamos alguns que você pode contratar. Confira!

Empréstimos universitários

Você pode conseguir um empréstimo estudantil de forma privada. Em alguns bancos, é possível financiar o valor total do semestre em até 2 vezes.

Anúncios


Para contratar o empréstimo estudantil em bancos, é necessário ser correntista. Por isso, certifique-se de que o seu banco oferece esse tipo de empréstimo. Caso não ofereça, abra uma nova conta em outra instituição que forneça o serviço, como o Bradesco ou o Santander, por exemplo.

Além dos bancos, existem programas específicos para atender à demanda de empréstimos estudantis. O Parcelamento Estudantil Privado (PEP) e Pravaler Crédito Universitário são alguns exemplos!

FIES

fies empréstimo estudantil

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa criado pelo Governo Federal. Portanto, ele é público!

As inscrições acontecem em datas específicas, sempre com aviso prévio. Ela é 100% online, através da plataforma digital do FIES.

Nem todos os cursos podem ser financiados através da iniciativa pública. Assim como nem todas as instituições de ensino participam do programa. Mas, para quem consegue ser aprovado, o FIES oferece diversas vantagens. Uma delas é a taxa de juros de 6,5% ao ano. Um valor muito inferior ao dos demais financiamentos.

Anúncios


Outra vantagem é a facilidade para pagar. Depois de formado, você tem 18 meses para iniciar o pagamento do seu empréstimo estudantil. Uma boa frente, não é?

Para ter acesso ao FIES, você precisa fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Por isso, fique atento ao calendário para não perder as inscrições!

Gostou de conhecer melhor o empréstimo estudantil? Agora que você já sabe como cursar uma faculdade mesmo sem grana, não vale desistir do seu sonho, certo? Aproveite para compartilhar este artigo com os seus amigos nas redes sociais!

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0