Descubra agora algumas dicas de como aproveitar melhor o dinheiro da sua Rescisão

Geralmente, recebemos uma boa quantia de rescisão quando somos demitidos de algum trabalho. Esse dinheiro pode ser a solução de muitos problemas, mas é necessário cautela e iremos te explicar o por que logo mais.

Após serem demitidas, muitas pessoas pecam ao utilizar o dinheiro da rescisão em impulsos. Vamos construir esse raciocínio juntos: Se você acaba de perder o seu emprego, sabe que gastará um tempo procurando outro ou firmando um negócio próprio.

Logo, percebemos que fazer uma viagem, compras, ou até mesmo dar entrada em um veículo serão atitudes impensadas, ocasionadas pelo impulso de um primeiro momento.

Anúncios


Atualmente, no Brasil, existem aproximadamente 13 milhões de pessoas desempregadas! E como a grande maioria dos cidadãos brasileiros, pouquíssimas pessoas tem acesso à educação financeira. É por isso que a maiores parcelas de desempregados “torra” toda a rescisão.

No artigo de hoje, vamos te passar algumas dicas sobre economia e educação financeira! Essas dicas irão te ajudar a fazer investimentos que farão o seu dinheiro render mais. Se você não quer mais passar sufoco diante de situações como uma demissão, continue essa leitura até o final.

Saiu a rescisão. E agora?

Você sabia que existem várias pessoas que, caso fiquem desempregadas hoje mesmo, poderão se aposentar ou ter estabilidade para abrir o próprio negócio?

Anúncios

O que ocasionou essa realidade em suas vidas foi justamente a educação financeira.

Porém essa realidade é uma exceção, não a regra. Entrando na realidade dos brasileiros, para conseguir um novo emprego, o indivíduo precisará de um certo tempo, digamos que no mínimo uns 6 meses – podendo ser menos, caso tenha muita sorte.

Quer um bom conselho? Então lá vai: Não utilize o dinheiro da sua rescisão para quitar as suas dívidas. Pagar uma ou outra dívida mais urgente, tudo bem. O problema está em gastar tudo apenas para isso.

Anúncios


Deverão ser pagas apenas as dívidas com juros altos e que cobrarão multa por inadimplência, por exemplo, pelo menos até que você consiga encontrar um novo emprego ou alguma nova fonte de renda. Priorize o que é extremamente necessário, como prestações do seu imóvel e planos de saúde.

Cortando Gastos

Para um cidadão que não é rico e não tem reserva gastar toda a sua rescisão de uma vez é uma sentença de muita dificuldade pelo caminho! Se aquele é todo o dinheiro que você tem para planejar o seu futuro, não faz nenhum sentido gastar em viagens, roupas ou entrada para financiamentos (que vão gerar ainda mais dívidas).

Reduzir as despesas pessoais e de casa envolverá muita maturidade e, para quem não mora sozinho, a colaboração de toda a família é de muita importância até que tudo volte a ser como era antes.

Anúncios

Reduzir despesas é uma situação comum na vida das pessoas. Por isso, não sinta vergonha desse momento de sua vida. Corte as contas de celular, cancele planos de TV por assinatura e diminua despesas de transporte.

Outra dica valiosa é a troca de financiamento de um banco para outro. Isso evitará juros e te dará tempo para respirar.

É importante ressaltar que, neste momento da vida financeira do trabalhar, tão importante quanto cortar gastos secundários é fazer novas dívidas. Para sair desta situação melhor do que entrou, será necessário sessar as compras por impulso e guardar o cartão de crédito!

Especialistas apontam que esse também pode não ser o melhor momento para abrir o próprio negócio. Isso porque investir no próprio negócio pode ser um investimento de risco, já que ele poderá dar certo ou não.

Anúncios

Caso o seu negócio não apresente retornos imediatos com um bom lucro líquido, você pode terminar financeiramente desamparado. Por isso, não te aconselhamos a correr alguns tipos de risco!

Para quem paga aluguel, o nosso conselho é que se mude para um local mais barato. Muitas vezes, o dinheiro da rescisão não é suficiente para manter a família muito tempo. Neste caso, recomendamos a venda do veículo, caso ele exista.

Como posso investir a minha rescisão?

Assim que cair em conta, para não cair nas armadilhas do mal uso, o dinheiro da rescisão deverá ficar guardado em conta como uma espécie de reserva de emergência.

Muitas pessoas se preocupam por não saberem quando irão ter uma fonte fixa de receita novamente. O que fazer para ganhar dinheiro após o término do período de seguro-desemprego?

Anúncios

Bem! Se algum dia você ouviu alguém falando que o desempregado não pode aprender a investir e tirar bons frutos de seus investimentos, definitivamente essa pessoa não sabia o que estava falando!

Existem vários investimentos de curto, médio e longo prazo, para investidores de perfil conservador, moderado ou agressivo. Enquanto o cidadão ainda não encontrou um novo emprego, a rentabilidade vinda dos investimentos pode ser uma grande ajuda.

Existem vários tipos de investimentos! São eles: CDBs, Rendimento automático, Fundo Simples, Tesouro Direto, entre outros!

Especialistas aconselham que o investidor aposte em mais de uma modalidade. Claro, com valores racionais, sem grandes extravagancias.

Anúncios

Você pode conhecer um pouco mais sobre cada tipo de investimento clicando aqui.

Esse artigo foi escrito para chamar a mente do brasileiro para a importância da educação financeira em suas vidas! Se ele foi útil de alguma forma para você, não deixe de compartilhar nas suas redes sociais: Ele pode ser útil para muitos de seus amigos!

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta