Auxílio Emergencial prorrogado! Veja calendário e valores

A extensão do benefício já foi anunciada pelo Ministério da Economia. Confira todos os detalhes divulgados até o momento

Uma boa notícia para tranquilizar os brasileiros em situação de vulnerabilidade. O Auxílio Emergencial, medida financeira do governo para amparar as famílias durante a pandemia, foi prorrogado mais uma vez. A expectativa é que os beneficiários receberam mais três parcelas até outubro de 2021.

Inicialmente, o Auxilio Emergencial contaria com apenas quatro pagamento este ano. Mas, diante do agravamento da pandemia no País, com impactos sociais e econômicos severos, o Governo Federal anunciou uma nova extensão do benefício.

O ministro da economia, Paulo Guedes, já anunciou publicamente a decisão. Segundo ele, o Auxílio não deve terminar até que toda a população brasileira esteja vacinada contra a Covid-19.

Anúncios


Se você é um beneficiário do Auxílio Emergencial 2021, continue a leitura para saber tudo sobre a nova rodada, incluindo valores e calendário de pagamento. Vamos lá?

Quanto tempo vai durar a prorrogação?

O Auxílio Emergencial é a única fonte de renda para muitas famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade. Pessoas estariam, literalmente, sem comida na mesa se o benefício não existisse neste momento de crise.

Por isso, o Governo decidiu estender o pagamento mensal até que a população esteja totalmente vacinada. Como a previsão é isso ocorra até outubro, a nova extensão será de mais três meses.

Ou seja: as parcelas que iniciaram em março e iriam até julho, agora seguirão até o mês de outubro. Caso o calendário de vacinação atrase, o benefício poderá ser prorrogado novamente. 

O Governo tem como principal objetivo, agora, garantir a proteção dos vulneráveis até o fim das vacinações.

Anúncios


Qual será o valor das parcelas?

novas parcelas auxilio emergencial

Não houve alteração nos valores. Para a prorrogação, continuam vigentes os mesmos critérios utilizados até agora. São três diferentes quantias que variam de acordo com a estrutura de cada família.

Anúncios


Portanto, poderemos contar com R$ 250 para famílias compostas por duas ou mais pessoas. Já o valor de R$ 150 será pago para famílias compostas por um único membro. Por fim, mães que são chefes de família e mantém a casa e os filhos sozinhas receberão R$ 375.

Antes, o orçamento do Auxilio Emergencial era de R$ 44 bilhões. Como cada parcela custa R$ 9 bilhões, o valor total subiu para R$ 63 bilhões. Destes, R$ 17,9 bilhões já foram pagos à população.

Anúncios


Como receber as novas parcelas do Auxílio Emergencial?

Pessoas que não se inscreveram para receber o Auxílio Emergencial 2020, no começo da pandemia, não puderam se inscrever para receber em 2021. O mesmo acontece agora, na prorrogação. Novas inscrições não são permitidas.

É importante mencionar que, mesmo inscrito desde o inicio, o Governo não garante que você seguirá recebendo o Auxílio. Após o pagamento de cada parcela, os órgãos governamentais realizam pesquisas para descobrir se o beneficiário realmente precisa do dinheiro.

Para você ter uma ideia, em 2020, cerca de 70 milhões de brasileiros tiveram direito ao pagamento. Já em 2021, esse número caiu para a casa dos 45 milhões. Uma redução e tanto!

Por que prorrogar o Auxílio Emergencial?

Mesmo com uma parte da população já vacinada, o novo Coronavírus continua sendo transmitido no país. Ou seja: ainda estamos em uma pandemia. Por isso, as medidas de isolamento social continuam valendo.

Isso significa que o comércio está restrito, assim como a circulação em determinados lugares. O isolamento social é necessário, mas traz prejuízos para o bolso dos brasileiros.

Aproveite para conferir o nosso artigo sobre aprendizados financeiros que a pandemia nos trouxe.

Prorrogar o Auxílio é importante para que não falte comida na mesa das famílias até que toda a população esteja vacinada. De volta à normalidade, a demanda por emprego deve crescer gradativamente.

Com a volta da população 100% vacinada às ruas e uma maior circulação de dinheiro no comércio, o Auxílio será, então, cessado. Mas, até lá, o plano do governo é que o benefício permaneça amparando as famílias mais vulneráveis.

Anúncios


Quando inicia o novo calendário de pagamento?

A extensão do Auxílio Emergencial já foi confirmada pelo Governo Federal, através do ministro da economia, Paulo Guedes. No entanto, o calendário com a divulgação das novas datas ainda não saiu no Diario Oficial.

Mas, como serão três meses de prorrogação, é possível se ter uma ideia. A previsão é que os pagamentos continuem acontecendo no mesmo esquema utilizado até o momento.

Portanto, as parcelas devem sair em uma data próxima da do calendário anterior: nos meses de agosto, setembro e outubro.

Assim que o novo calendário for anunciado, traremos a informação para você aqui no blog CiClick. Então, fique atento!

Não esqueça de assinar a nossa newsletter para receber todas as notícias importantes sobre o Auxílio Emergencial prorrogado. E compartilhe este artigo nas suas redes sociais para manter os seus amigos e familiares informados!

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0