Dicas para montar um calendário financeiro simples e eficiente

Saiba como organizar as suas contas de uma vez por todas construindo um calendário financeiro!

Gerir as finanças, sem dúvidas, é um desafio para muita gente. Você é uma delas? A boa notícia é que um calendário financeiro pode te ajudar! No artigo de hoje, vamos te mostrar como construir o seu, de forma eficiente.

Controlar as finanças não é mesmo uma tarefa fácil. Principalmente, para aquelas pessoas que não conseguem controlar os impulsos na hora de comprar. Mas, quem nunca gastou com um item que não precisava, que atire a primeira pedra, não é?

Um calendário financeiro pode mesmo ser uma ajuda e tanto. Ele tem o poder deixar tudo mais prático na vida. É uma ferramenta valiosa para o dia a dia e que pode trazer muitos benefícios, se bem utilizada.

Está em busca de uma vida financeira com mais equilíbrio? Então, você não pode deixar de ler este artigo até o final!

Anúncios


O que é um calendário financeiro?

Este calendário existe para que pessoas consigam acompanhar os próprios gastos e ganhos. Ele é feito para que você anote, nas datas correspondentes, todas as despesas, compras e contas do mês.

É com o hábito de preencher o calendário que você vai ter mais controle sobre o seu dinheiro. Para equilibrar as finanças, é necessário que você saiba exatamente para onde vai cada centavo seu.

Entendeu agora a importância dessa ferramenta para quem deseja organizar as finanças? Então, continue com a gente, pois vamos te explicar ainda mais sobre ele a seguir.

Por que o calendário financeiro é importante?

Como vimos acima, utilizar um calendário financeiro faz diferença na hora de conseguir acompanhar os próprios gastos.

Anúncios


Mas, o poder da ferramenta vai além. Tanto nos momentos de pouco dinheiro, quanto de muito, o calendário se faz importante!

Anúncios


Uma pesquisa realizada pelo IBGE apontou que, no último trimestre de 2020, mais de 14 milhões de pessoas estavam desempregadas. A pesquisa revelou ainda que 36% dos brasileiros não mantém controle dos seus gastos.

A principal intenção por trás do calendário financeiro é ser um suporte para as pessoas nas horas em que elas mais precisam. Lembrando-as dos compromissos financeiros, ajudando na estabilidade financeira e na organização dos seus recursos

Resumindo: ele é importante porque aumenta as suas probabilidades de ter sucesso com as finanças, até mesmo nos momentos de dificuldade.

Quais as vantagens?

São inúmeras, e vamos falar todas aqui. Você já comprou algum produto parcelado? O calendário financeiro vai te lembrar de cada uma dessas parcelas. Assim, você manterá os pagamentos em dia e não sofrerá com os juros.

Que tal começar o mês com uma visualização panorâmica de todas as suas contas a pagar? Este é um poder que só um calendário financeiro pode proporcionar.

Anúncios


Entre tantas vantagens, também estão:

  • Planejar pagamentos com antecedência, como IPTU, aluguel e IPVA, por exemplo;
  • Apontar vencimento de contas;
  • Planejar gastos mensais;
  • Saúde da vida financeira;
  • Cumprimento de prazos para dívidas;
  • Lembrar cancelamentos de serviços que já não utiliza;
  • Definir metas para poupar dinheiro;
  • Encaixar novas despesas no orçamento.

Como montar o meu calendário financeiro?

Por falta de disciplina, por preguiça ou má gestão do nosso tempo, podemos prejudicar o nosso controle financeiro.

Por isso, é preciso olhar para o calendário como um companheiro do dia a dia e da vida inteira.

É preciso compromisso para atualizá-lo e acompanha-lo. Sempre adicionando as mudanças necessárias e todas as entradas e saídas de dinheiro em suas datas correspondentes.

Anúncios


Antes de tudo, defina qual o recurso que utilizará para montar o seu calendário financeiro. Existem muitas planilhas e aplicativos que podem te ajudar nessa missão.

Para descobrir o que mais funciona para você, teste todos! Veja quais tem as ferramentas que mais te ajudam nesse sentido. A partir daí, descubra qual o mais funcional dentro do que precisa.

Se você preferir anotar tudo em um caderno, não tem problemas! Nem todo mundo está 100% habituado às ferramentas digitais. Separe um caderno para ser o seu calendário financeiro. Ou baixe um modelo pronto na internet. No site Pinterest, por exemplo, existem vários. É só baixar.

Agora, pergunte a você mesmo:

  1. Quais são os meus gastos fixos?
  2. Quanto ganho por mês?
  3. Quais as minhas dívidas de longo prazo?
  4. Que planos financeiros tenho para este ano e para os próximos?

Com essas informações em mente, você deverá montar o seu calendário financeiro. Não se preocupe com acertar tudo de primeira, ok? O que mais importa, agora, é aperfeiçoar o seu controle sobre as suas próprias finanças.

Anúncios


Como utilizar o meu calendário no dia a dia?

Conseguiu montar o seu calendário financeiro? Então, chegou a hora de usá-lo na prática.

Se ele for físico, ou seja, estiver em um caderno ou papel, é bom guardá-lo em um lugar que você veja sempre! Pode serm a porta da geladeira, no guarda-roupas ou no escritório, por exemplo.

Se for digital, coloque-o na primeira página do seu smartphone, tablet ou notebook! Assim, você vai estar sempre de olho nas suas despesas e obrigações financeiras do mês!

Agora que você já sabe o quanto um calendário financeiro pode te ajudar, que tal aderir a ferramenta? Aproveite também para conferir outros artigos valiosos sobre Finanças Pessoais aqui no blog CiClick!

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0