Tem como cancelar um PIX errado? Saiba como resolver agora

Ninguém está livre de errar os dados e fazer um PIX para a pessoa errada. Veja o que fazer em casos assim

Todo mundo já conhece e ama o PIX. A transferência instantânea é a favorita dos brasileiros porque o dinheiro cai na conta na hora! Mas, você já se perguntou o que acontece com quem faz ou recebe uma transação por engano? Será que dá para cancelar um PIX errado? Vamos te contar agora o que fazer para não amargar prejuízo ou se apropriar de um valor que, da fato, pertence a outra pessoa!

Desde que estreou no mercado financeiro, o PIX já fez mais de 1 bilhão de transações. São mais de 117 milhões de usuários ativos. A popularidade do serviço, pela sua simplicidade, só cresceu ao longo do último ano.

Mesmo diante de tanto sucesso, muita gente ainda tem medo de utilizar o PIX. É que, infelizmente, os golpistas também não perderam tempo e criaram mecanismos para ludibriar os cidadãos, utilizando a transferência instantânea. Além disso, milhares de pessoas já confundiram os dados na hora de realizar o PIX e, por falta de conhecimento, acabaram perdendo o valor transferido.

Por essas e outras, é tão importante conhecer bem o funcionamento da ferramenta. Quer saber como cancelar um PIX errado e não ter prejuízo? Então, continue com a gente até o final deste artigo e descubra como agir! Vamos lá?

Existe devolução no PIX?

No PIX, existe um Mecanismo Especial de Devolução, também conhecido pela sigla MED. No entanto, nem sempre foi assim! Logo quando a transferência surgiu, o mecanismo não existia. Dessa forma, não era possível realizar o estorno da transação.

A única solução possível era entrar em contato com a pessoa que recebeu a transação errada e pedir para que a mesma enviasse o valor de volta. No entanto, isso nem sempre dava certo, como você pode imaginar, não é?

O MED veio para resolver o problema. O mecanismo reúne um leque de regras a respeito dos procedimentos que devem ser realizados pelos bancos e instituições, caso alguém faça ou receba um PIX errado.

De acordo com o Banco Central, a devolução de um PIX através do MED acontece a partir do próprio recebedor. Mecanismos como o MED permitem com que ele realize uma devolução sem a necessidade de autorização do banco.

Quando pode ocorrer a devolução do PIX?

O MED é um mecanismo importante para que o PIX continue sendo a transferência mais realizada do país. No entanto, ele não funciona em todos os tipos de situação, ao contrário do que muitos possam pensar.

Pois é, ele surgiu para funcionar em situações específicas! Uma delas é quando há suspeita de que o PIX está sendo utilizado para cometer fraudes. Ele também pode ser acionado em casos de falha operacional, tanto no sistema de quem enviou, quanto no de quem recebeu o dinheiro.

Não dá, simplesmente, para cancelar um PIX realizado por engano e recorrer ao MED. É claro que você pode entrar em contato com o seu banco para que ele possa avaliar a situação!

Na prática, todos os bancos e instituições que participam do sistema PIX têm a obrigação de ter o mecanismo. Mas cada caso é um caso e, dependendo do seu, pode ser que o Mecanismo de Devolução seja aplicado ou não!

Para acionar o MED, o banco deve fazer o reajuste do contrato de relacionamento com os clientes e, depois disso, informá-los sobre a mudança. Do contrário, a instituição será responsabilizada por todas as transações cujo pedido de estorno for negado.

Como cancelar ou devolver um PIX

Não adianta: como dissemos mais acima, não tem como cancelar um PIX errado por conta própria. Entrar em contato com a pessoa que recebeu o PIX errado ainda é forma mais simples de devolução nestes casos. No entanto, nem sempre encontraremos alguém disposto a devolver o dinheiro que caiu em sua conta.

Caso você seja vítima de fraude e possa comprovar, a solução é solicitar a devolução ao seu banco. Entre em contato com o canal oficial, explique o que aconteceu em detalhes – valor da transação, pessoa que recebeu o dinheiro, chave PIX e banco do destinatário.

Quer saber como usar o PIX como mais segurança? Clique aqui e confira o nosso artigo!

É o seu banco quem irá entrar em contato com o banco da pessoa que recebeu o PIX errado para informar o acontecido. Depois disso, o banco em questão irá avaliar uma possível resolução para o caso.

Ainda de acordo com o Banco Central, o estorno deve aparecer no extrato e o cliente ser prontamente informado a respeito da devolução.

Demora para o PIX ser estornado?

Pode demorar bastante, sim! Quando o MED entra em ação, por exemplo, e o cliente abre uma notificação, o banco tem até 80 dias para te devolver a grana. Pode ser que o dinheiro volte rápido, mas também pode demorar. É impossível prever.

Quando recebe a notificação do MED, a instituição do cliente que recebeu dinheiro por engano bloqueia o valor solicitado Daí em diante, o banco tem 7 dias para decidir se aceita ou rejeita a notificação.

Já deu para perceber que o processo é um pouco burocrático, não é verdade? Portanto, nosso conselho é que você revise muito bem os dados das transações antes de fazer um PIX! Isso evitará que o dinheiro seja enviado para o lugar errado.

No mais, sempre utilize dispositivos de confiança e esteja conectado à redes em que você também confia.

Em Alta

Aguarde…

0