Conta digital para menor de 18 anos: por que vale a pena abrir?

Conheça as vantagens de abrir uma conta digital para os seus filhos ou dependentes menores de 18 anos

Educação financeira, infelizmente, ainda não é matéria escolar. Por isso, é preciso ensinar aos nossos filhos sobre dinheiro dentro de casa. Você sabia que já é possível abrir uma conta digital para menores de 18 anos? Este é um excelente caminho para quem deseja ensinar crianças e jovens a lidarem de forma consciente com o dinheiro.

As instituições financeiras tradicionais disponibilizam contas para esse público, mas a burocracia é alta. Por isso, podemos dizer que contas digitais oferecidas pelas fintechs ou bancos digitais saem na frente. São alternativas práticas e acessíveis para introduzir a educação financeira no dia a dia dos nossos filhos.

Anúncios


Além de fáceis de abrir, essas contas disponibilizam diversos benefícios em troca da sua utilização. Por ter acesso via celular, elas já se tornam mais próxima do público jovem, que não larga o dispositivo por nada, não é?

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de conferir este artigo até o final. Vamos te apresentar as melhores e mais seguras opções de contas digitais para menores de 18 anos. Boa leitura!

Menor de 18 pode abrir conta?

Pode sim, e nem é novidade! Há muito tempo, bancos tradicionais já ofertam essa opção para quem tem filhos menores de idade. Mesmo assim, muitos pais ainda desconhecem essa possibilidade.

Mas, agora ficou muito mais prático. Além dos bancos físicos, os digitais também disponibilizam a conta para menores de 18 anos. Como tudo em uma fintech, abrir a conta para o seu filho é fácil e sem burocracia. O processo acontece de forma 100% online, através dos aplicativos das instituições.

Anúncios

Na maioria das vezes, a conta é isenta de taxas e também não cobra nada por seus serviços financeiros. Logo, se você tem filhos nessa faixa etária, não espere que cresçam para ensiná-los sobre dinheiro: comece agora mesmo, pelo próprio bem deles.

Por que abrir uma conta digital para o meu filho menor de 18 anos?

pais acessando conta digital com a filha menor
Anúncios


Permitir que o seu filho tenha a própria conta digital, mesmo antes dos 18 anos, é dar a ele a oportunidade de aprender sobre educação financeira. A gente sabe o quanto esse assunto é importante!

Em um País como o nosso, onde a maioria das pessoas é analfabeta financeiramente, ensinar ao seu filho é quase um ato de revolução. Este é o principal motivo pelo qual você deveria abrir uma conta para ele.

Ao administrar uma conta digital, o menor de idade desenvolverá uma maior noção sobre gestão financeira, finanças pessoais e responsabilidade quando o assunto é dinheiro. Nada melhor para ensinar os filhos a utilizar a mesada de forma consciente e levar isso para a vida adulta.

Anúncios

Quais são as vantagens?

Aprimorar os conhecimentos sobre educação financeira não é a única vantagem de ter uma conta digital.  A maioria das contas em fintechs não costuma cobrar taxas. Quando cobram, são valores reduzidos se comparados aos dos bancos tradicionais.

A adolescência é, para muitos, um período sem muitas responsabilidades financeiras. Logo, não existe um senso de preocupação em relação a dinheiro.

No entanto, é preciso adquirir as habilidades necessárias para dar os primeiros passos para a vida adulta. Afinal, a hora chega para todos, e estar preparado sempre nos coloca um passo à frente.

A conta digital se torna, então, uma moderna fonte de aprendizado sobre educação financeira. Com todos os gastos mapeados, é possível aprender a administrar o dinheiro no dia a dia. Assim, aos poucos, o jovem vai se familiarizando com esse fator importantíssimo da vida.

Anúncios

As contas digitais para menores de 18 anos são como todas as outras. Dá, por exemplo, para fazer transferência, Pix, empréstimo pessoal, financiamentos, consórcios, cartões de crédito e muito mais.

Tudo para que o jovem comece a entender como funciona esse universo. No entanto, não é possível contratar nenhum serviço de crédito sem autorização do responsável.

Pois bem! O jovem que inicia o seu processo de educação financeira o quanto antes tem menos possibilidade de ter problemas com dinheiro futuramente. Dê esse presente ao seu filho.

Onde posso abrir uma conta digital?

Separamos alguns dos bancos digitais mais adequados para que você possa abrir a conta digital do seu filho menor de 18 anos.

Todos oferecem segurança, praticidade e um bom aprendizado sobre educação financeira. Confira!

Anúncios

Banco Inter

O banco Inter oferece uma conta para menores de 18 anos gratuita. É a Conta Kids! Ela atende a esse público específico, porém, oferece todos os serviços de uma conta convencional.

Aproveite para conferir o nosso artigo “Nubank x Inter: qual deles tem o melhor cartão de crédito?”

Banco BS2

Ensinar os jovens a lidar com as finanças é um dos propósitos do banco BS2. Por isso, ele oferece a Blue by BS2, conta digital para menores de idade da instituição. 

Banco Next

O Next, banco digital do Bradesco, também tem uma conta para jovens com ênfase em educação financeira. É a Nexjoy, criada especialmente para os dependentes dos seus correntistas. Ela oferece diversos serviços interativos para o aprendizado.

Anúncios

Qual a documentação necessária?

O processo para abrir uma conta para dependentes é bem parecido com o de abrir uma conta tradicional. Todos são realizados através dos aplicativos dos bancos. A única diferença é que você precisa enviar os seus documentos junto com os do seu filho. São eles:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de residência
  • Comprovante de renda (apenas do responsável, e nem sempre é solicitado).

    O processo é simples e rápido. Portanto, é só escolher o banco de sua preferência e abrir um conta digital para o seu filho menor de idade agora mesmo!

    Gostou de saber mais sobre conta digital para menor de 18 anos? Então, use as redes sociais para compartilhar essa dica com seus amigos que também são mães e pais!
Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta