FGC – Saiba como funciona

Proteção para os seus investimentos e para a economia do país. Entenda como o FGC opera!

O Fundo Garantidor de crédito, ou FGC, é uma entidade que protege o seu patrimônio até uma determinada quantia. Assim, podemos investir ou deixar o nosso dinheiro em conta, sem nos preocuparmos quanto à garantia do nosso patrimônio.

Quem investe já está familiarizado com o termo ou, ao menos, já escutou falar sobre ele. Acontece que não são todos os investimentos que estão protegidos pelo fundo.

A quantia que pode ser assegurada – você vai descobrir quanto é ao longo deste artigo – é ressarcida em caso de falência do banco no qual você investe ou mantém seu dinheiro. Dessa forma, a sua grana está protegida contra intercorrências econômicas.

Quer saber tudo sobre o FGC? Está no lugar certo! No artigo de hoje, vamos te deixar por dentro do assunto. Preparado? Então vamos conosco na leitura deste artigo até o final.

O que é Fundo Garantidor de Crédito?

O FGC foi criado em 1995 pelas próprias instituições financeiras do nosso país. Seu maior objetivo é proteger o patrimônio dos brasileiros e assegurar o retorno de seus investimentos.

O fundo é uma entidade privada sem fins lucrativos. Desde a sua fundação, protege quantias em caso de encerramento de atividade ou falência dos bancos ou instituições financeiras.

O FGC é um dos principais incentivadores dos investimentos. Sabendo que o seu patrimônio está garantido, o brasileiro pode investir, sem medo, em algumas modalidades. Dessa forma, a grana dos brasileiros não fica parada – o que é muito importante para a economiza do país como um todo.

Sendo assim, o FGC tem como foco proteger correntistas, poupancistas e investidores. Além disso, o fundo também proporciona estabilidade para o nosso sistema financeiro.

Entenda como o FGC funciona

Caso algum banco venha a falência, todos aqueles que mantinham dinheiro guardado ou investido, terão o seu dinheiro de volta. Logo, podemos concluir que o fundo é uma espécie de seguro para o nosso dinheiro.

Quando um banco quebra, o Banco Central realiza uma análise que tem, como base, o valor que você investiu e os seus rendimentos até a data da falência.

Com cobertura do Fundo Garantidor de Crédito, você não perde o seu patrimônio. Existe um teto para a devolução do dinheiro, sobre o qual falaremos a seguir.

Qual é a quantia garantia pelo FGC?

O Fundo Garantidor de crédito protege investimentos de renda fixa, como LCs, LCIs e LCAs. A entidade cobre, também, depósitos feitos para contas, sejam elas corrente ou poupança.

O teto da devolução é de R$ 1 milhão por cada CPF, a cada 4 anos! No entanto, existe um limite de R$ 250 mil por conglomerado financeiro.

Como alguns bancos são parte do mesmo conglomerado, é importante que você acesse o site do Banco Central para saber quais são eles. Assim, você consegue dividir o seu patrimônio entre diferentes conglomerados.

O mais inteligente a ser feito é investir ou guardar R$ 250 mil por conglomerado. Assim, em caso da falência, você receberá todo o seu patrimônio de volta, em até R$ 1 milhão.

É necessário estar atendo aos rendimentos do seu investimento. Como valores acima de R$ 250 não serão ressarcidos, cheque para saber quanto você tem e caso a quantia ultrapasse o valor limite do FGC, retire e aplique em outro banco ou instituição.

O FGC realmente protege o meu dinheiro?

Se todos os bancos do país vierem a falência ao mesmo tempo, fica praticamente impossível ressarcir a todos. No entanto, este acontecimento está muito longe da realidade.

Vivenciamos uma pandemia e isso não aconteceu.  Logo, se o banco ou instituição onde você mantém o seu dinheiro quebrar, pode ficar tranquilo.

O dinheiro costuma ser devolvido dentro do prazo de 3 a 6 meses! Nosso conselho é que você divida os seus investimentos entre instituições financeiras sólidas.

Entendeu agora por que o FGC é tão importante e porque é preciso entender mais sobre ele? Graças ao fundo, é possível investir e manter o dinheiro girando sem medo de que algum acontecimento leve embora todo o seu patrimônio.

Bem, agora que você já sabe o que é o FGC e qual a sua importância, que tal espalhar este conhecimento entre os seus amigos e familiares? Poste este artigo nas suas redes sociais e seja um agente de informação!

O que você achou deste artigo? A sua opinião é muito importante pra gente! Por isso, deixa o seu comentário aqui pra gente, falando o que achou!

Em Alta

Aguarde…

0