Fundos de Fundos: Saiba que são FOFs e como investir

Descubra agora o que são os FOFs, quais as suas vantagens e como investir na modalidade

Você já ouviu falar nos chamados Fundos de Fundos? Mais conhecidos pela sigla FOFs, são fundos de investimento compostos por outros fundos, com o objetivo de diminuir os riscos e aumentar a expectativa de ganhos. Vamos te contar tudo sobre eles neste artigo!

Fundos de investimentos são aplicações financeiras que reúnem um grupo de investidores com o mesmo objetivo em comum. Eles são formados por uma carteira composta por ativos financeiros montados por um gestor especializado no mercado financeiro. O papel do gestor é investir visando o maior lucro e menor risco para os investidores.

Dentro dos fundos de investimentos, existem os FOFs. Ele é indicado para investidores que desejam compor uma carteira diversificada. Ideal, por exemplo, para quem está começando a investir agora e não teve tempo de conhecer o mercado financeiro mais detalhadamente. 

Anúncios


Os FOFs também são uma opção para quem não tem muito dinheiro para investir ainda. Quer saber como eles funcionam, quais a vantagens e como você pode investir? Então, acompanhe a leitura até o final.

Afinal, o que são os FOFs?

O nome vem do inglês Fund of Funds. Trata-se de uma modalidade de investimento cujo objetivo é formar uma carteira de aplicações amplamente diversificada. Dentro deles, existem vários fundos de investimentos, todos diferentes uns dos outros.

Ou seja: investindo em FOFs, os investidores cotistas acessam diversos fundos, e não apenas um. É como se, ao invés de comprar um único tipo de biscoito, você optasse por uma caixa de biscoitos sortidos. Deu para entender?

Especialistas do mercado financeiro dizem que investir em FOFs significa terceirizar a responsabilidade de fazer bons investimentos para gestores especializados.

O que é muito bom, pois quanto mais profissionais involvidos nas escolhas de quais ativos comprar, menores são as chances de erros e, consequentemente, prejuízos.

Anúncios


E como eles funcionam?

Nos FOFs, a administradora traça a estratégia pensando na expectativa de retorno e também no grau de risco que os cotistas estão dispostos a correr. Em seguida, ela procura, dentro do mercado financeiro, os fundos que mais combinam com a estratégia traçada.

Anúncios


A partir daí, ela aloca cada fundo, de maneira com que eles fiquem equilibrados e sirvam ao propósito do FOFs. No fim, o que se vê é um fundo de investimento composto por outros fundos de investimento!

As cotas são compradas para que atendam às expectativas dos resultados esperados. O dinheiro dos cotistas, que configura o valor total do fundo, é dividido entre esses diversos fundos.

Anúncios


Tome nota: ao investir em um FOF, você está comprando as cotas dele. Cada cota tem um valor. Então, você irá receber os retornos de acordo com o valor investido no FOF.

Quais são os tipos de FOF?

São muitos os tipos de fundos de investimento. Por exemplo: renda fixa, ações, multimercado, cambiais, previdência privada e imobiliários, dentre outros.

E no mundo dos FOFs, a regra número um é: todos os fundos de investimento que compõem a carteira precisam pertencer à mesma categoria.

Ou seja, um FOF de ações deverá ser composto por fundos de ações. Já FOFs imobiliários devem ser compostos por imobiliários, e assim segue.

Quais são as vantagens de investir na modalidade?

A primeira vantagem de investir em um FOF é a diversidade de ativos que eles oferecem. Ao adquirir cotas de um FOF, o investidor acessa diversos fundos com diferentes gestores. 

Se você ainda não é familiarizado com o mercado financeiro, investir em FOFs pode ser uma boa. Como quem compra os ativos são os gestores especializados, as chances de você ter bons retornos são maiores. 

Anúncios


E a segunda, com certeza, é a possibilidade de começar a investir mesmo com pouco dinheiro. Sem falar que o fato da carteira de investimentos ser bastante diversificada proporciona segurança. É isso que muitos investidores, principalmente os de perfis conservador, procuram.

Como investir em FOFs?

Hoje em dia, investir na modalidade é muito mais simples do que há alguns anos atrás. O primeiro passo é procurar uma corretora de valores que ofereça este tipo de serviço e abrir uma conta.

O próximo passo é enviar o valor que você deseja investir para a instituição. E então, escolher um FOF que combine tanto com o seu perfil de investidor, quanto com seus objetivos.

Depois que você fizer a leitura completa dos regulamentos do FOF, basta fazer a aquisição e tornar-se um cotista. Simples assim!

Com a sua cota adquirida, acompanhe a evolução da rentabilidade nos meses que seguirão. Viu como os FOFs são bons investimentos? Sobretudo para quem está começando agora.

Anúncios


Gostou de saber mais sobre os FOFs? Continue acompanhando o nosso blog para mais conteúdos em investimentos!

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0