Entenda tudo sobre a avaliação emergencial de crédito

Como funciona? Vale a pena? Tire todas as suas dúvidas sobre o limite emergencial neste artigo

Quando o cartão de crédito não tem limite suficiente disponível para uma compra, é possível pedir uma avaliação emergencial de crédito. Na prática, ela é uma facilidade que os bancos oferecem aos seus clientes.

O serviço serve, na verdade, para evitar que clientes de cartões de crédito passem por um constrangimento na hora da compra. Muita gente, no entanto, também utiliza o limite emergencial quando o bolso aperta!

Mas, acontece que a avaliação emergencial de crédito é um recurso que pode custar muito caro. Por isso, a sua utilização é recomendada apenas para momentos de emergência – ou você achou que o título de emergencial vinha por acaso?

As taxas de juros cobradas em cima desse “empréstimo” são altas. Portanto, antes de recorrer à avaliação emergencial de crédito, é importante entender todos os detalhes que envolvem o seu uso e avaliar se a opção vale ou não a pena para você.

Neste artigo, vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre a avaliação emergencial de crédito, inclusive como fazer um bom uso da ferramenta!

O que é a avaliação emergencial do cartão de crédito?

Quando o limite do seu cartão é atingido, você pode solicitar o recurso do limite emergencial. É um valor a mais, um extra, que as operadoras oferecem para utilizar em situações de emergência. 

Esse recurso também é conhecido com avaliação emergencial de crédito. Digamos que você está no caixa de uma loja e, na hora de pagar pelos seus itens, recebe um sinal vermelho: não há limite o suficiente! E agora?

Para não passar pelo constrangimento de devolver a mercadoria e sair andando sem as suas compras, o banco disponibiliza a ferramenta. Normalmente, o valor se aproxima de 10% a 20% do valor total do seu limite normal.

Por exemplo: digamos que tenha um cartão de crédito cujo limite seja de R$ 1.000. É bem provável que a sua avaliação emergencial fique entre R$ 100 e R$ 200 a mais. Em troca dessa “forcinha”, as operadoras de cartão costumam cobrar valores que variam entre R$ 20 e R$ 60.

O meu cartão tem limite emergencial?

Tendo em vista que a grande maioria dos cartões de crédito contam com a avaliação emergencial, é bem provável que o seu também tenha o recurso disponível.

Mas, no contrato do seu cartão, com certeza existe uma cláusula que autoriza o serviço e detalha como ele funciona. É importante conferir, pois mesmo sendo muito comum, ainda existem operadoras que não podem fornecer esse tipo de limite extra aos clientes.

Caso não tenha mais o contrato do seu cartão de crédito, entre em contato com o seu banco e pergunte ao seu gerente se os seus cartões de crédito contam com o recurso.

De qualquer forma, esteja atento ao limite do seu cartão. A maioria dos cartões de crédito, atualmente, conta com aplicativos multifuncionais por onde é possível realizar o gerenciamento de gastos.

Utilizar o seu cartão de crédito de forma inteligente sempre será uma boa maneira de evitar constrangimentos! Por isso, utilize com sabedoria.

Quais são as vantagens desse recurso?

A grande vantagem da avaliação emergencial de crédito é poder finalizar a compra mesmo depois de estourar o teto do cartão de crédito! Isso evita com que você enfrente constrangimentos no caixa da sua loja preferida, por exemplo.

Outra vantagem é a possibilidade de adquirir dinheiro em um momento de imprevisto ou em uma emergência financeira. Imprevistos acontecem o tempo todo, e nem sempre temos acesso a grana para arcar com os prejuízos.

O limite emergencial é importante, mas deve ser utilizado com cautela, e não sempre. Portanto, evite cair na zona de conforto de estar sempre solicitando o recurso.

Se organize financeiramente, pois também existem desvantagens envolvidas na avaliação emergencial de crédito, como você confere a seguir!

E as desvantagens de solicitar o limite emergencial?

A contratação do limite emergencial de crédito pode resultar em um descontrole nas finanças. Afinal de contas, o limite do cartão de crédito não deve ser extrapolado! Se você faz isso todos os meses, é um sintoma de desorganização financeira.

Além do mais, a grande maioria das instituições bancárias e fintechs cobram taxas mensais para oferecer esse tipo de serviço. Fora a contratação, que também é paga.

O limite de crédito emergencial, como o próprio nome já diz, existe para fins de emergência. Portanto, não deve ser confundido com uma extensão do limite original. Simples assim.

Como solicitar a avaliação emergencial de crédito?

É bem simples. Você só precisa entrar em contato com os canais de atendimento do seu cartão de crédito. Normalmente, o número de telefone da central está impresso no verso da tarjeta.

No mais, procure manter o controle das suas finanças. Se você não está conseguindo, vale a pena considerar a reeducação financeira.  Evite contrair ainda mais dívida gastando dinheiro para contratar o limite emergencial e acoplando ainda mais valor à sua fatura.

Este artigo foi útil para você? Então, não esquece de compartilhar o conteúdo nas suas redes sociais!

Em Alta

Aguarde…

0