Entenda como funciona o Mercado Fracionário de ações

Saiba tudo sobre o mercado que permite a negociação de lotes menores de ações

Quem investe na Bolsa de Valores ganha boas oportunidades ao aprender como vender no Mercado Fracionário. Já ouviu falar sobre ele? Se o termo ainda é novidade ou se você ainda tem muitas dúvidas sobre o assunto, saiba que está no lugar certo. Até o final deste artigo, você estará por dentro de todos os detalhes sobre o Mercado Fracionário!

A modalidade é valorizada por ofertar caminhos alternativos e mais acessíveis a quem deseja aplicar o seu dinheiro. É que no mercado fracionário, os papéis podem ser negociados em pequenas partes. Ou seja: não existe a necessidade de se investir em lotes integrais, que representam 100 ações. 

O nome já diz tudo, não é? Mercado Fracionário = Frações de títulos. Quer saber mais sobre o tema e as vantagens de vender neste mercado? Então, vem com a gente!

Mercado Fracionário de ações – O que é?

dinheiro e gráfico representando investimento no mercao fracionário

Podemos definir o mercado fracionário de ações como um ambiente onde as ações podem ser negociadas, sem que seja preciso adquirir um lote mínimo. Dentro dele, você pode comprar um número de ações menor do que o obrigatório dentro do mercado comum.

Isso quer dizer que o seu investimento inicial será menor. Essa opção atrai investidores de perfil conservador a moderado – aqueles que buscam mais segurança – ao mercado de ações por oferecer menos riscos!

O objetivo é justamente possibilitar a compra de ações em número menor, que pode ir de 1 a 99, já que o lote mínimo é de 100. Logo, não ter uma grana alta para começar a investir em ações não é um problema no mercado fracionário.

Ao abrir essa possibilidade, o mercado permite com que o investidor possa diversificar a sua carteira, alocando os seus recursos com diferentes ações fracionadas.

Mercado Fracionário x Mercado Integral

Dentro do mercado integral, como mencionamos anteriormente, as negociações de ações devem ser vendidas, normalmente, em lotes padrões de 100 ações. Quem decide isso, na verdade, são as próprias empresas de capital aberto.

O mercado fracionário entra quando o investidor tem o interesse de negociar – comprar ou vender – a quantidade desejada de ações, entre 1 a 99.  Como vimos, ele permite a negociação de ações fora do lote padrão. O nome “fracionário” vem justamente daí: ele fraciona a quantidade de ações.

Para cada mercado existe uma oferta e uma demanda. Além disso, a liquidez do mercado fracionário é menor, justamente por ter menos valor investido.

Logo, se você é um investidor de curto-prazo, o mercado fracionário não é tão interessante para o seu objetivo quanto o integral. Já para quem tem objetivos a longo prazo, negociar ações no mercado fracionário tem suas vantagens.

Como comprar ações no mercado fracionário?

homem investindo no mercado fracionário via home broker

Antes de tudo, é preciso ter ou abrir uma conta em alguma corretora de valores.

O processo é como na compra dentro do mercado integral. Primeiramente, acesse o Home Broker da sua conta e procure pelo código da ação em que deseja investir.

Ao selecionar a ação, acrescente a letra F no fim. No caso, se você deseja por exemplo comprar uma ação fracionada da Vale, deve buscar por VALE3 e adicionar o F no final, assim: VALE3F.

A letra F indica à corretora que essa é uma transição do mercado fracionário, e não do integral. Em seguida, selecione o número de ações fracionadas que você deseja comprar e finalize a sua transação.

Como vender ações no mercado fracionário?

Para vender as ações no mercado fracionário, o procedimento é quase o mesmo. A única diferença é que a ordem da operação deverá ser de venda, e não de compra. De qualquer forma, a letra F ainda deverá ser adicionada ao final.

Dentro de um cenário ideal, você compraria uma ação na baixa e venderia na alta. Mas, a decisão de vender ou comprar vai depender mais da sua estratégia de investimento.

Quando os seus papéis caírem de valor, configurando uma situação de crise, vendê-los poderá reduzir as suas perdas. Porém, se você mira no longo prazo, manter o seu investimento pode ser uma decisão mais sensata.

Investir no mercado fracionário vale a pena?

Como qualquer investimento, o que define se vale a pena ou não são as metas e os objetivos de cada investidor específico.

Como investir em ações é uma operação de risco, evite investir todo o seu dinheiro. Procure, ao máximo, diversificar a sua carteira com diferentes tipos de investimento e ações diversas.

Digamos que você esteja interessado em investir em uma empresa nova. Você não tem como saber o seu desempenho. Ao comprar ações fracionadas, você não compromete o seu patrimônio adquirindo o lote todo e pode sentir, aos poucos, se investir naquela empresa vale a pena.

Existem também os casos onde o investidor não tem a grana do lote todo disponível. O mercado fracionário torna a compra de ações mais acessível. Simples assim.

Gostou deste artigo? Então, aproveite para compartilhar com outros investidores que você conhece!

Em Alta

Aguarde…

0