O que é aplicação financeira e como ganhar dinheiro com ela

É bem provável que você já tenha ouvido falar sobre aplicação finaceira, certo? Apesar de não ser um termo distante do nosso dia a dia, muita gente ainda não sabe, na prática, o que é e como funciona exatamente uma aplicação financeira. Hoje, a gente vai te explicar todos os detalhes sobre o assunto, inclusive como identificar as melhores opções para investir!

Entender o que é uma aplicação financeira é quase um “bê-á-bá” para quem vai começar a investir agora. Ou seja: é o primeiro passo, o básico, para adentrar nesse universo. Todo mundo que entra no mundo dos investimentos, entra para ver o seu dinheiro rendendo. Para isso acontecer, é necessário estar por dentro de alguns conceitos que vamos te explicar neste artigo.

Existem muitos tipos de aplicação e, para saber quais são as melhores, é necessário estar ciente do seu perfil de investidor, por exemplo. Você já sabe qual é o seu? Se não sabe, vai descobrir daqui a pouco!

Anúncios


Portanto, continue com a gente para entender tudo sobre aplicações financeiras e saiba como ganhar, realmente, dinheiro com elas. Preparado? Então, vamos lá!

O que são aplicações financeiras?

Uma aplicação financeira nada mais é do que um produto de investimento. Você a compra para que ela lhe renda mais dinheiro do que o valor que foi investido.

Entenda: um produto financeiro é um título – ou até mesmo um ativo – que a instituição oferece. Pode ser, por exemplo, uma ação ou um fundo de investimento!

Aplicar é comprar esse ativo ou título. Assim, você garante para si uma remuneração que estará acima do valor que foi aplicado. Deu para entender?

Em outras palavras, o investidor faz uma aplicação financeira quando compra um ativo ou título e, por trás dessa compra, existe o objetivo de ter remuneração pelo dinheiro aplicado!

Anúncios


Quais tipos de aplicações financeiras existem?

tipos de aplicações financeiras

As diferentes aplicações financeiras que existem no mercado têm a ver com os benefícios que elas oferecem. Existem aquelas com mais rentabilidade, as que trazem mais liquidez e as que oferecem mais ou menos risco. Entenda melhor a seguir!

Anúncios


Fator Rentabilidade: a rentabilidade é o lucro, o retorno financeiro que você pode obter de algum investimento. Em outras palavras, quanto mais rentabilidade, mais você vai receber pelo investimento no final de um período pré-determinado.

Fator Liquidez: a liquidez nada mais é do que o tempo necessário para resgatar o dinheiro que foi aplicado. Quanto mais liquidez, mais rápido será esse resgate! Existem aplicações de liquidez diária, em que no outro dia já é possível pegar o dinheiro de volta.

Fator risco: o risco, como você deve imaginar, diz respeito à garantia ou não de que o investimento terá retorno.

Agora que você tem essas informações, anota aí: para saber onde aplicar, considere primeiramente os fatores descritos acima. Qual deles é mais importante, de acordo com os seus objetivos?

Entendendo melhor a respeito das aplicações e sabendo bem qual é o seu perfil de investidor, você descobrirá onde investir!

Anúncios


Em quais aplicações financeiras investir?

A resposta para essa pergunta é totalmente individual. Afinal de contas, como mencionamos, saber a melhor aplicação para você depende muito do seu perfil de investidor. Quanto risco você pode correr?

Se você ainda não sabe qual é o seu perfil de investidor, faça o teste na plataforma da corretora de valores que escolheu. Basta responder algumas perguntas para que a empresa ofereça as melhores aplicações de acordo com o seu perfil. Normalmente, são elas:

  • Desde quando você investe?
  • Quanto dinheiro já tem investido?
  • Quais riscos você pode assumir com o dinheiro investido?

Quanto mais sincero você for em relação as respostas, melhor o seu perfil será traçado.

Quais são as melhores aplicações para investir hoje?

As melhores aplicações financeiras para você investir hoje são, justamente, aquelas que envolvem as variáveis que vão de acordo com o seu perfil de investidor!

Anúncios


Para quem pode correr riscos, as melhores aplicações são as de renda variável. Para quem não está disposto a se arriscar, as de renda fixa são melhores opções.

Atenção: somos um blog comprometido com a formação do seu conhecimento financeiro. Por isso, é importante mencionar que, antes de investir, você deve ter uma reserva de emergência.

Esse dinheiro deve existir para a sua própria segurança. Afinal de contas, diante de imprevistos, é ele quem irá resolver os seus problemas. Portanto, antes de investir em aplicações financeiras, monte a sua reserva. Você pode, inclusive, guardá-la em aplicações de renda fixa com liquidez diária!

Abaixo, confira as melhores aplicações financeiras que você, como investidor, pode fazer ainda este ano, de acordo com o seu perfil.

Perfil conservador: Investidores de perfil conservador devem dar preferência a produtos de renda fixa, como por exemplo: LCIs, LCAs, CDBs, letras de câmbio ou títulos do tesouro prefixado.

Perfil moderado: Quem tem perfil moderado carrega também algumas características do perfil conservador e arrojado. Para eles, o mais indicado são debêntures, fundos imobiliários, títulos pós-fixados e ações que pagam dividendos!

Anúncios


Perfil arrojado: Como buscam mais rentabilidade, investidores de perfil arrojados assumem mais riscos do que os conservadores e moderados. Eles costumam aplicar na bolsa de valores, em ações, fundos de ações, fundos cambiais e fundos multimercados.

Percebeu que a melhor aplicação vai depender dos seus objetivos como investidor? Agora que você já tem uma boa base, não tenha medo de dar o próximo passo. Escolha a aplicação financeira mais adequada ao seu perfil e invista nela!

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0