Pirâmide Financeira: o que é, como funciona e por que evitá-la

Conheça as principais características que configuram a fraude e proteja-se

Promessas de ganho fácil, lucro muito alto e retorno garantido. Parece bom demais para ser verdade, não é? Saiba que você está certíssimo em desconfiar. Ao se deparar com uma proposta assim, fique atento.Você pode estar sofrendo uma tentativa de golpe por parte de um esquema de pirâmide financeira!

As pirâmides financeiras são completamente proibidas no Brasil. A sua prática está configurada como crime contra a economia popular. Você sabia disso?

Não é muito difícil conhecer alguém que já tenha sido vítima de um desses esquemas. Talvez já tenha até acontecido com você (se sim, conta a sua história pra gente nos comentários).

Anúncios


Uma pesquisa realizada pelo Sebrae revelou que 11% dos brasileiros já caíram nessa armadilha. Quer entender melhor por que o esquema de pirâmide financeira é perigoso? Vamos te explicar tudo em detalhes para que você possa se prevenir e não entre para a estatística. Confira a seguir!

Pirâmides Financeiras – Como operam?

A pirâmide financeira funciona por indicação de novos membros. É basicamente assim: uma pessoa paga para entrar no negócio e recebe dinheiro a partir da indicação de novos membros.

Às vezes, existem produtos ou serviços envolvidos. No entanto, o dinheiro de verdade vem com as indicações. Por isso, para continuar ganhando, você precisa indicar mais e mais pessoas, de maneira desenfreada.

Um belo dia, o número de membros se torna tão grande, que o esquema não se sustenta mais. E é assim que milhares de pessoas perdem todo o dinheiro que investiram inicialmente.

Anúncios


E por que se chama pirâmide?

dados simulando uma pirâmide financeira

Esses esquemas são batizados de pirâmide porque a forma geométrica representa a estrutura do “negócio”. No topo, está um fraudador, que prometendo lucros extraordinários. Primeiro, ele convida um grupo de pessoas para investir em um fundo ou na própria empresa.

Anúncios


Em seguida, essas pessoas – que estão um degrau abaixo na pirâmide – precisam formar o seu próprio grupo de recrutados. Estes, por sua vez, estarão abaixo dos recrutadores.

Cada novo participante é responsável, então, por formar um novo grupo. E cada nova pessoa desse novo grupo precisa recrutar mais gente. E assim por diante!

O dinheiro vai subindo e beneficiando o fraudador, que está no topo da pirâmide.

Já deu para perceber que trata-se de um esquema insustentável, não é mesmo? Para não quebrar, a pirâmide teria que crescer para sempre. E sabemos que isso é impossível.

Anúncios


É por isso que todas caem. Quando novos membros deixam de entrar, não tem como remunerar os membros dos andares superiores. E, no final das contas, o único que se beneficia financeiramente é o fraudador, que está no topo da pirâmide.

Como identificar uma pirâmide?

Os esquemas de pirâmides financeiras costumam aparecer em momentos ruins da economia. Tipo o que estamos vivendo agora.

A pandemia deixou muitas famílias desamparadas. Por isso, as promessas de dinheiro fácil, em grande volume e de forma rápida, costumam ser bem atrativas para muita gente.

Abaixo, você confere 6 dicas para ficar atento e não cair no esquema de pirâmide financeira.

Promessas de lucros extraordinários

Um bom investidor precisa estudar durante anos e montar diversas estratégias para lucrar alto. Você acha mesmo que existe alguma maneira fácil de fazer isso? Bem, a resposta é não.

Por isso, desconfie de todas as promessas de investimentos com lucros exorbitantes em pouco tempo. Essa promessa indica que o dinheiro rápido vem de recrutamentos, e não do investimento em si.

Anúncios


Recrutamento agressivo

Um programa totalmente voltado para recrutar novos membros, geralmente é uma pirâmide financeira.

O recrutado paga um determinado valor para entrar no “investimento”. Esse valor, normalmente, é mais do que se ganharia com a venda de produtos. Portanto, desconfie de negócios com recrutamento agressivo.

Promessas de renda fácil

Não caia nessa história de ganhar dinheiro enquanto toma banho ou assiste televisão. O que dá dinheiro é trabalho!

Portanto, corra quando receber esse tipo de promessa associada a um negócio.

Comissões complexas

Comissões estão sempre ligadas à quantidade de vendas, e não a recrutamentos ou outros fatores do negocio.

Observe se o sistema de remuneração da proposta recebida é simples e direto, ou confuso e complexo. Esquemas de pirâmide financeira geralmente contam com a segunda opção.

Anúncios


Ausência de documentação e registro

Pirâmides financeiras não têm documentações para comprovar a sua legalidade.

Caso se sinta atraída por uma proposta de investimento e ganhos, mas fique desconfiada, solicite a documentação da empresa.

Se tudo estiver regularizado, a apresentação dos documentos não será um problema.

Nenhum produto concreto

Normalmente, os produtos dentro de um esquema criminoso de pirâmide são bem confusos.

Portanto, se notar a ausência de um produto concreto, bem definido e com um propósito, desconfie.

Como denunciar um esquema de pirâmide financeira?

Ao suspeitar ou ser vítima de um esquema de pirâmide financeira, você deve denunciar ao Ministério Público Federal.

Você também pode fazer uma denúncia na polícia, que a encaminhará ao Ministério.

No site do Ministério Público, existe uma cartilha contendo todas as principais características do esquema de pirâmida financeira. Então, vale a pena acessar a página eletrônica e conferir.

Anúncios


Por que tanta gente cai no golpe?

Primeiramente, entenda que não é culpa da vítima. Os fraudadores de esquemas de pirâmides financeiras tem o verdadeiro poder de encantar seus alvos.

Afinal de contas, promessas de dinheiro rápido e fácil são sempre atrativas. Em momentos como o que estamos vivendo hoje, elas se tornam ainda mais sedutoras. A cura para este tipo de problema está na educação financeira. 

Gostou deste conteúdo? Então, não deixe de compartilhar com seus amigos e familiares nas redes sociais. Dessa forma, você também ajudará pessoas queridas a protegerem dos esquemas de pirâmides financeiras.

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta