Você sabe quanto é um bilhão? Entenda!

Números são abstratos, e quanto maiores, mais difícil para o nosso cérebro compreendê-los. Entenda melhor neste artigo

Como assim, quanto é um bilhão? Esta pergunta pode soar um pouco estranha, já que a resposta nos parece tão óbvia. Mas, você sabia que quanto mais alto o número, mais complexo é para que o nosso cérebro o entenda?

No artigo de hoje, queremos trazer à tona muito mais do que um simples número: vamos trabalhar a sua percepção sobre ele. É que um bilhão é um número tão alto que fica até complicado entender o seu real significado.

A realidade é que estamos longe de entender, de fato, quanto é um bilhão. Mas, nada é impossível. No artigo de hoje, você vai descobrir como compreender melhor os números exorbitantes, como o famoso bilhão!

Por que é importante saber quanto é 1 bilhão?

Um cidadão só consegue entender melhor a situação financeira de um país, por exemplo, quando ele entende a magnitude de números altos. Por isso, é tão importante ter noção de quanto um bilhão significa.

Se deseja saber para onde está indo a grana dos impostos que paga, por exemplo, você precisa entender a complexidade dos números altíssimos. O dinheiro público existe em números bilionários.

Também é importante entender quanto é 1 bilhão para ter mais discernimento a respeito de escândalos envolvendo corrupção! Além disso, ter conhecimento geral sobre o valor das fortunas, quanto custam coisas realmente caras e quantas pessoas podem ser afetadas por uma pandemia, fato que vivemos nos últimos dois anos.

Por que entender números altíssimos é tão complicado?

A Universidade de Oxford, nos Estados Unidos, fez um estudo interessante para entender melhor acerca desse assunto. Voluntários tiveram a atividade cerebral mensurada por comparações de distância, a partir de uma ressonância magnética.

Eles começavam pelas mais próximas: a sala onde se encontravam, depois o prédio, o bairro, cidade, país, continente, e assim por diante.

A ressonância registrou que os cérebros dos voluntários ligaram distâncias menores a coisas mais concretas. Quanto mais distante o pensamento ia, mais informações iam sendo processadas por áreas mais abstratas do cérebro.

O que isso quer dizer? Que quanto menor – mais próximo – mais concreto. E quanto mais longe, ou quanto maior for a distância ou a escala, mais abstrato. O cérebro processa as informações dessa maneira.

Por isso, é mais complicado para nós entender números tão altos, na casa dos bilhões. Logo, concluímos que saber o que é 1 bilhão não é algo difícil, porém é abstrato. Você se lembra de já ter visto comparações do tipo: o tamanho de tal país equivale a 10x o tamanho do Brasil?

Na televisão, as notícias utilizam essas comparações justamente porque elas são mais fáceis de serem processadas (concretas para o nosso cérebro). Diferentemente de números altíssimos, que são super abstratos, como vimos há pouco.

Transformando números altos em algo palpável

Digamos que um incêndio atinja uma reserva florestal. Nos noticiários, podemos ouvir que área atingida equivale 20x ao Rio de Janeiro. Você pode até não conhecer o Rio e não saber o tamanho da cidade, mas sabe que ela é bem grande.

Logo, o telespectador consegue ter uma noção mais concreta de que o incêndio destruiu uma parte significativa da reserva. Embora o estudo realizado na universidade em Oxford tenha como foco a noção de espaço, os pesquisadores afirmam que ele pode ser aplicado, também, aos conceitos de grandeza.

Quando você vê fotos de produtos na internet com canetas ao lado, não é por acaso. Os vendedores estão tentando te passar uma noção do tamanho daquele item, já que a maioria das pessoas sabe qual é o tamanho de uma caneta.

Essa é uma maneira de trazer o seu imaginário para algo mais concreto e menos abstrato, entende? Como você conhece o tamanho da caneta, termina tendo uma melhor noção (mais concreta) do real tamanho do produto comprado.

E o que isso tem a ver com quanto é 1 bilhão?

Simples! Com os bilhões, acontece o mesmo. Números são abstratos por natureza, já que nunca foi possível tocá-los. Portanto, eles são meros conceitos que existem nas ideias.

Você já pode ter carregado R$ 1 na mão, mas certamente nunca pegou R$ 1 bilhão, simplesmente porque é impossível – até mesmo para um bilionário, que possui essa quantia na conta.

Digamos que você queira tornar-se bilionário, juntando R$ 100 reais por dia. Para alcançar o seu objetivo, você demoraria 10 milhões de dias, o que dá mais de 27 mil anos. Nem seus tataranetos alcançariam a quantia assim. Mas, agora você já sabe que R$ 1 bilhão é igual a 100 vezes 10 milhões.

A importância de entender o que é um bilhão em escalas está, simplesmente, em entender o mundo à nossa volta.

Curiosidade: você sabia que um milhão de segundos são 12 dias e que um bilhão de segundos são 30 anos? Se o conteúdo deste artigo fez sentido para você, não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais! Aproveite para conferir outros artigos valiosos na aba Finanças aqui do blog!

Em Alta

Aguarde…

0