Quanto rende R$ 1 milhão na poupança hoje?

Descubra quanto rende R$ 1 milhão aplicados no investimento mais popular entre os brasileiros

De todos os investimentos que existem no mercado, a poupança ainda é o mais conhecido dos brasileiros. Mesmo sendo tão popular, poupancistas têm muitas dúvidas sobre o rendimento da aplicação. Uma das mais curiosas, especialmente quando os prêmio da loteria acumulam, é: afinal, quanto rende 1 milhão de reais na poupança?

Não dá para negar que o primeiro milhão de reais é o sonho de muitas pessoas. Há quem tente alcançá-lo apostando na Mega-Sena, enquanto outros investem e fazem a sua grana render, por exemplo.

Hoje em dia, a poupança não é o melhor lugar para quem deseja ver o seu dinheiro multiplicar. Existem investimentos tão seguros quanto e que rendem muito mais do que a aplicação.

No entanto, para sanar a dúvida de tantos leitores, vamos te dizer exatamente quanto rende R$ 1 milhão na caderneta da poupança. Pronto para descobrir? Então, vamos em frente!

Como funciona o rendimento da poupança

O rendimento da poupança é regido pela Taxa Selic há 10 anos. A Selic é a taxa básica de juros da economia do Brasil. É através dela que o Banco Central, autoridade monetária do país, controla os índices de inflação.

Quando a Selic está abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança é igual a 70% da Selic + Taxa Referencial.

Agora, se a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento será de 0,5% ao mês + Taxa Referencial.a prática, o retorno é de apenas 6,17% em um ano.

A Taxa Referencial ou TR, por sua vez, é um indicador econômico do país. Por isso, é usada para calcular o rendimento de algumas aplicações financeiras, como é o caso da poupança.

E como está a Taxa Selic hoje?

A taxa Selic, hoje, encontra-se acima de 8,5%. Ela está em 13,75%, ou seja, rende 0,5% + Taxa Referencial.

Como a poupança é um investimento padronizado, o rendimento não muda de acordo com a instituição financeira. Toda a poupança, em qualquer banco, renderá os mesmos valores.

Para resgatar o seu lucro, é preciso esperar a data do mesversário (30 dias depois) do investimento. Digamos que você tenha aplicado R$ 1 milhão no dia 12 de agosto, certo? Os juros sobre o valor, cerca de R$ 5 mil, só poderiam ser sacados no dia 12 de setembro.

Quem resgata o dinheiro antes da data não tem lucro algum. Uma das principais vantagens de investir na poupança é que a aplicação não é taxada com Imposto de Renda.

O IPCA já divulgou que a poupança está sempre abaixo da inflação. Isso significa que guardar dinheiro na poupança, na prática, desvaloriza o seu investimento.

É por isso que você deveria consultar outros tipos de investimento, tão seguros quanto e que rendem mais – são mais lucrativos, ou seja, mais rentáveis. Confira alguns deles ao final deste artigo!

Afinal, quanto rende R$ 1 milhão na poupança?

Para te revelar exatamente quanto rende R$ 1 milhão na poupança, precisamos exemplificar.

Vamos supor que, hoje, você tenha depositado R$ 1 milhão na sua poupança. Dentro de um ano, você terá feito mais R$ 61.170. Sabe por quê?

Atualmente, o rendimento da caderneta está em 6,17% ao ano. Logo, dentro de 12 meses, essa seria a quantia gerada pelo seu depósito – sem que você fizesse mais nada, além de deixar o dinheiro parado na poupança.

Para saber quanto R$ 1 milhão renderia na poupança por mês, basta dividir o valor por 12. Então, diante disso, podemos dizer que R$ 1 milhão na poupança proporcionaria um rendimento mensal de mais de R$ 5 mil, sem que você precisasse trabalhar para isto.

É importante mencionar que os valores divulgados são estimativas. Como a taxa da caderneta muda o tempo todo, é praticamente impossível chegar a um valor específico.

Investimentos que rendem mais do que a poupança

No mercado financeiro existem diversos tipos de investimento além da poupança. O grande problema, na verdade, é que as pessoas sabem pouco a respeito ou são céticas acerca de investir.

Por incrível que pareça, mesmo com toda a informação à qual temos acesso atualmente, graças à internet, muitos brasileiros ainda acham que investimento é coisa “de rico”! Ou pior: que irão perder o seu dinheiro caso invistam em outras aplicações que não a poupança.

Por isso, queremos apresentar a vocês, logo abaixo, três tipos de investimentos que são mais rentáveis (dão mais dinheiro) do que a poupança e são tão seguros quanto ela. Vamos conferir?

CDB – Certificado de Depósito Bancário

Investir em CDB nada mais é do que emprestar dinheiro a algum banco ou instituição financeira. O investidor empresta e eles devolvem o valor acrescido dos juros, que são a lucratividade.

Como no Brasil temos bancos sólidos e que oferecem muita segurança, esse é um investimento de baixo risco. Além disso, os CDBs são protegidos pelo FGC, o Fundo Garantidor de Crédito. Se você perder a sua grana porque o banco faliu, por exemplo, poderá recuperar até R$ 250 mil.

Fundos DI

Os fundos DI se relacionam com a taxa DI. O gestor vai escolher títulos que não oferecem muito risco em busca de uma rentabilidade de 100% do CDI. Assim, você terá mais retorno do seu milhão do que teria caso ele estivesse “parado” na poupança.

Contas em bancos e carteiras digitais

A grande maioria dos bancos e carteiras digitais disponíveis no mercado já oferece mais lucratividade do que a poupança. As contas do Nubank e do PagSeguro são alguns exemplos.

Portanto, antes de deixar o seu R$ 1 milhão na poupança, estude sobre investimentos mais rentáveis. Aqui no Blog, na sessão de investimento, existem diversos artigos que poderão te orientar quanto a isso, ok?

Este artigo te ajudou? Então, não esquece de compartilhar nas suas redes sociais!

Em Alta

Aguarde…

0