Regra 1-3-6-9: Crie a sua própria aposentadoria

Entenda como funciona a regra 1-3-6-9 e comece a poupar para a sua aposentadoria

Poupar dinheiro é um desafio para você? Talvez, seja porque ainda não conhece a regra 1-3-6-9. Ela pode te ajudar a poupar dinheiro para garantir a sua aposentadoria no futuro, sem que você precise depender do INSS!

Venhamos e convenhamos, se aposentar no Brasil está ficando cada vez mais difícil. A gente sabe que o que a Previdência Social oferece, na maioria das vezes, não cobre os custos nem de um simples plano de saúde para a Terceira Idade.

Portanto, tornar a nossa velhice confortável vai depender das nossas próprias escolhas. Uma renda digna é o mínimo para que possamos aproveitar os anos finais de nossa vida com tranquilidade, concorda?

Você já deve entender a importância de fazer um planejamento financeiro desde cedo, criando a sua própria previdência privada. Com a 1-3-6-9, de mês em mês, é possível montar a sua de forma eficiente. Quer saber como? Então, continue com a gente!

Regra 1-3-6-9: O que é isso?

Você, com certeza, já deve ter ouvido falar em planejamentos financeiros pessoais. Eles podem ser voltados para vários contextos. O da regra 1-3-6-9 tem como objetivo a construção de uma previdência ou aposentadoria privada. Caso você tenha garantia de aposentadoria do Governo, esse valor pode se tornar uma renda complementar à que você ganhará no futuro.

De toda forma, vale a pena. A regra 1-3-6-9 é que vai determinar quanto você deverá juntar em fases estratégicas da sua vida, mantendo uma reserva dinheiro suficiente para garantir uma aposentadoria digna na sua velhice.

Programe a sua aposentadoria

Você sabia que cerca de 90% dos brasileiros não guardam nenhum dinheiro pensando na aposentadoria? A Allianz, uma das principais seguradoras do país, realizou um estudo que identificou a regra 1-3-6-9- como uma possível salvação para este problema.

Tudo ficou ainda mais grave depois da Reforma da Previdência, em 2019. Agora, se aposentar ficou ainda mais difícil e o valor da aposentadoria está menor.

Utilizando a regra 1-3-6-9, você tem a certeza de uma renda complementar para utilizar na Terceira Idade. Investindo e poupando por conta própria, independentemente de quanto for a sua renda mensal, é possível guardar uma boa quantia.

Regra 1-3-6-9: Como ela funciona?

A regra foi criada pelo planejador financeiro Martín Iglesias. Ela indica quanto você deve poupar de acordo com a sua idade, sem determinar valores físicos – e, sim, proporcionais à sua renda.

Cada número da regra é um fator de multiplicação que toma como base a sua renda anual. Isso, também relacionado à sua idade, em um intervalo que vai dos 35 aos 65 anos. Funciona assim:

Considerando a idade mínima para aposentar dos homens, que é 65 anos, a regra diz que aos 35 anos você deve ter guardado um ano de renda mensal. Aos 45, você deve ter juntado 3 anos de renda mensal. Aos 55, 6 anos. E aos 65, 9 anos!

Digamos, por exemplo, que você ganhe 5 mil por mês. Aos 35, deverá ter guardado o equivalente a 60 mil reais. Com 45, 180 mil reais. Aos 55, R$ 360 mil e aos 65, R$ 540 mil.

Teoricamente, esse valor é suficiente para que você consiga manter o padrão de vida durante um tempo depois de se aposentar. Basta fazer as escolhas certas e investir com consciência.

Quando colocar em prática a regra 1-3-6-9

Agora mesmo! Como mencionamos, aos 35 você já deve ter o equivalente a um ano de salário na conta. Portanto, quanto antes começamos a aplicar a regra e guardar dinheiro, melhor!

Aproveite para conferir, neste artigo, outras dicas eficientes de como guardar dinheiro

No mais, existe um parâmetro que indica o quanto de dinheiro deve ser guardado por faixa de idade para seguir a regra direitinho. Confira na tabela abaixo:

IdadeQuanto guardar?
25 a 40 anosPercentual equivalente à sua idade menos 15
40 a 50 anosPercentual equivalente à sua idade menos 10
Mais de 50 anosPercentual equivalente à sua própria idade

Aos 27 anos, por exemplo, você deve guardar o percentual referente à sua idade menos 15. Ou seja, 27 menos 15. Logo, você poupará 12% do seu salário mensal. No mais, segue-se a lógica:

  • 30 anos: 30 – 15 = 15%
  • 35 anos: 35 – 15 = 20%
  • 42 anos: 42 – 10 = 22%

Vale lembrar que o ideal é deixar esse valor investido, trabalhando por si só e rendendo ainda mais para o seu futuro. Todos os dividendos devem ser reinvestidos em prol da sua aposentadoria.

Para começar a utilizar a regra, primeiramente, organize o seu orçamento com um bom planejamento financeiro. Defina quais são as suas metas com dinheiro ao longo da vida. Mantenha-se em movimento, avançando na sua carreira profissional e atualizando a sua renda, sempre.

Planejar a aposentadoria é importante porque a velhice é uma das fases mais complicadas da vida. Quanto menos dificuldades, melhor. Portanto, não deixe que o financeiro seja mais um agravante!

Em Alta

Aguarde…

0