Seguro para celular: Como funciona e Como escolher o melhor?

Celulares se tornaram itens essenciais demais para ficarem desprotegidos. Entenda como funcionam os seguros para smartphone

Com preços cada vez mais elevados por portarem recursos modernos e funcionais, os celulares são ferramentas poderosas e indispensáveis ao nosso dia a dia, tanto pelo lado social quanto profissional. Por isso, contratar um bom seguro para celular está se tornando cada vez mais popular no Brasil. Ainda não tem um? Até o final deste artigo, você vai entender por que precisa mudar isso o quanto antes!

Vamos lá: se a gente parar para pensar um pouquinho, praticamente toda a nossa vida tá dentro dos nossos dispositivos móveis. Os smartphones se transformaram em nossas agendas, nossos computadores, nossos álbuns de fotos e diversas tantas outras coisas tão importantes para nós. Todas as nossas fotos, compromissos, músicas… Está tudo dentro de um aparelho que a gente carrega por aí.

Parece um pouco arriscado portar um item pessoal de tamanha importância sem um seguro, não acha? Consumidores que já tiveram seus celulares roubados, perdidos ou quebrados acidentalmente entendem bem essa “dor”. Sem contar que ter um bom smartphone, hoje em dia, significa um investimento alto!

Quer descobrir como funciona o seguro para celular e aprender a contratar um? Então, vem com a gente, pois vamos te explicar tudo agora!

O que é um seguro para celular?

A gente usa o celular para tudo hoje em dia! Muitas pessoas, por exemplo, trabalham por ele. Querendo, ou não, ficar sem o nosso smartphone, mesmo que só por algumas horas, se tornou sinônimo de dor de cabeça e perda de tempo.

Com certeza, a tela do seu celular já trincou, não foi? Ou você já teve o seu celular furtado, perdido, molhado… enfim, existem muitas formas de se perder um aparelho. No entanto, quem tem um seguro para celular, tem também tranquilidade.

Você sabia que 35% dos brasileiros já teve o seu celular roubado? O seguro para celular é como os demais seguros que já conhecemos no mercado. Por um valor mensal, furtos, perdas e danos ao aparelho geram a substituição do mesmo por um novinho em folha.

Existem diferentes tipos de cobertura e nós vamos te contar agora quais são. Continue com a gente para saber exatamente como funciona o seguro para celular!

Como funciona o seguro para celular?

Como a gente te contou anteriormente, o seguro de celular é igualzinho aos outros seguros. Até na hora de contratar, você pode escolher quais as coberturas que deseja. Por exemplo: furo, quebra do aparelho, roubo, entre outras.

Caso algum desses eventos venha a acontecer de fato, você ganhará uma indenização, graças ao seguro. A seguradora do seu aparelho pode arcar com os custos do reparo, encaminhando-o para uma assistência técnica, ou te dar um aparelho novo.

Mas, atenção! Seguros de celular não cobrem situações de descuido ou mau uso do aparelho, por exemplo. E não tem como trapacear: antes de disponibilizar a indenização, o seu aparelho vai passa por triagem.

Os preços costumam variar. Tudo vai depender das coberturas que você selecionar. Uma certeza do mercado, é: quanto mais alto for o valor do seu aparelho, mais alto será o valor do seu seguro.

O que um seguro para celular pode cobrir?

O seguro do seu celular pode cobrir todos os danos ou apenas aqueles que você achar necessário. Tudo vai depender do que você quiser contratar. Todas as coberturas devem estar na apólice do seguro – documento que explica, exatamente, o que está sendo segurado.

Os seguros mais básicos cobrem furtos e roubos. Outros, cobrem ainda a quebra ou perda do aparelho. Quando um plano só cobre roubos, você não pode, por exemplo, pedir a indenização ao ser furtado. Entendeu porque é tão importante estar atendo à apólice, não é?

Confira abaixo tudo o que um seguro para celular pode cobrir:

  • Problemas elétricos
  • Queda de líquidos
  • Imersão na água
  • Quedas
  • Danos por queda de raios
  • Danos ocasionados pela tentativa de roubo ou furto
  • Furto qualificado
  • Furto simples
  • Roubos com ameaça

Costuma viajar para fora? Anime-se em saber que existem ainda planos de seguro para celular que cobrem incidentes fora do país.

Qual é o valor da franquia?

A franquia do seguro para celular é um valor descrito na apólice a ser pago no momento em que o serviço for acionado. Normalmente, as empresas cobram 25% do valor de mercado do aparelho.

Ao acionar o seguro, você e a seguradora entram em coparticipação. Isso significa que você vai pagar por uma parte do prejuízo, enquanto a empresa paga pela outra – a maior parte, neste caso.

Se você depende do seu celular para muita coisa, inclusive para trabalhar, ficar sem um seguro pode ser arriscado.

Agora, você já sabe como funciona o seguro para celular, não é mesmo? Então, não perca nenhum minuto a mais! Acesse a aba Finanças ou a lupa de pesquisa, confira o artigo onde te apresentamos os melhores seguros para celular e escolha o seu.

Em Alta

Aguarde…

0