Home Broker: Saiba o que é, como funciona e qual o melhor

Descubra como usar o Home Broker para operar com sucesso na Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores é um universo com a sua linguagem própria. Dentro dele, existem diversas siglas e nomenclaturas a serem desvendadas por quem deseja começar a investir. Hoje, vamos falar sobre uma delas: o Homer Broker. Ao terminar a leitura deste artigo, você saberá exatamente o que é, como funciona e qual o melhor Home Broker do Brasil.

Por trás dessa palavra, original da língua inglesa, está uma das ferramentas mais importantes do universo dos investimentos. Ela está ligada diretamente ao processo de compra e venda de ações na Bolsa de Valores. Dominar o Homer Brooker significa meio caminhado andado para ter sucesso nesse concorrido mercado.

Anúncios


Portanto, se você pretende investir em ações, é muito importante que saiba em detalhes do que se trata. Pronto para desvendar o que é, como funciona e tudo mais sobre o Home Broker? Então, vamos começar!

Home Broker – O que é isso?

O Home Broker é um sistema facilitador da Bolsa, criado em 1999. É através dele que os investidores conseguem fazer compra e venda das ações durante o pregão eletrônico.

É considerado o principal meio para acessar a Bolsa de Valores. Graças a ele, é possível se conectar ao pregão e às corretoras de valores. Tudo isso em apenas um clique, pelo computador ou celular. Simples assim.

Antes de o sistema surgir, os investidores precisavam de um telefonema para conseguir realizar a compra e venda de ações.

Por isso, todo investidor que está em busca de bons resultados deve dominar a ferramenta. Se você ainda é leigo, não se preocupe. Saiba que está no lugar certo para aprender sobre o Homer Broker.

Anúncios


Como funciona o Home Broker?

investidor operando o home broker

O Home Broker é bem parecido com um Internet Banking. A diferença é que, ao invés de acessar a sua conta, o investidor acessa o painel do mercado de ações.

Anúncios


Logo que surgiu, pouquíssimas corretoras de valores aderiram o sistema. O tempo foi passando e a ferramenta se tornou essencial com o avanço da tecnologia. Agora, todas as corretoras utilizam o Home Broker. Algumas até desenvolveram suas próprias versões.

O Home broker não é limitado ao mercado de ações da Bolsa de Valores. Por ele, também é possível acessar demais ativos como contratos futuros, títulos públicos e renda fixa, por exemplo.

Anúncios


Primeiramente, saiba que para ter acesso ao sistema é preciso abrir conta em alguma corretora de valores. Como não é possível investir na bolsa de forma direta, a corretora atua como uma ponte que liga você a ela.

Caso ainda não saiba em qual corretora abrir sua conta, confira as principais e mais influentes corretoras de valores do mercado financeiro.

É a partir do Home Broker que você, investidor, emite suas ordens de compra e venda de ações. Além disso, é por lá que acompanhamos as cotações das ações das empresas.

Existe ainda um painel de oportunidades, popularmente conhecido como Book de Ofertas. Dentro dele estão ordens de compra e venda de outros investidores. É importante acompanhá-los, sempre. Assim, você fica por dentro das movimentações do mercado e não perde boas oportunidades de investir.

Como operar no Home Broker

O mercado de ações está aberto para todos os investidores. Mas, para começar a comprar e vender, você precisa definir o seu perfil de investidor: conservador, moderado, arrojado ou agressivo. Definir o seu perfil é importante para comprar ações coerentes com os seus objetivos de investimentos.

Antes de tudo, você também precisa escolher um ativo para começar a operar no Home Broker. Pesquise bastante antes de comprar uma ação e avalie se o preço está caro ou barato. Para fazer isso, lance mão das análises técnica e fundamentalista.

O segundo passo é definir uma estratégia para obter lucro dentro do universo da renda variável. Depois que definir a sua, seja consistente e não mude de plano, a menos que haja real necessidade.

Em seguida, é chegada a hora de finalmente emitir as suas ordens de compra de ações. Essas ordens são lançadas através de códigos de investimento. As ações da Apple, por exemplo, possuem o código AAPL34. Já as da Ambev têm código ABEV3. Ou seja: cada ação tem o seu código acrescido de um número correspondente a ela.

Anúncios


Na Bolsa de Valores do Brasil, os códigos referentes às ações sempre possuem quatro letras. Para identificar todas as siglas, acesse a lista oficial no Home Broker da sua corretora.

Como escolher o melhor Home Broker?

Para ter sucesso no mercado de ações, você deve escolher uma boa ferramenta de negociações. Em outras palavras: um bom Home Broker. De acordo com especialistas, o essencial é escolher um sistema seguro, rápido e eficiente. Mas, com tantas opções no mercado, como escolher o melhor Home Broker?

Um dos critérios mais relevantes é o seu perfil de investidor. Qual operação você costuma realizar mais frequentemente?

Analise o preço, o desempenho da ferramenta e a estabilidade do sistema. É assim que se escolhe o melhor Homer Broker.

Se você investe apenas no longo prazo, deixe  a agilidade de lado e escolha um que ofereça estudos, recomendações, gráficos e boas análises sobre as ações.

Anúncios


Quais as principais funcionalidades de um Home Broker?

Como vimos anteriormente, o Home Broker é a ferramenta que viabiliza a negociação de ações pela internet. Ele faz isso de uma maneira rápida, simples e eficiente. Sabe aquela cena de filme, onde vemos pessoas com telefones no ouvido, enlouquecendo na hora do pregão? Ficou no passado.

A sua principal funcionalidade é tornar a comunicação entre cliente, corretora e bolsa de valores possível. Dessa forma, o investidor pode ver o preço das ações em tempo real, por exemplo.

Outra funcionalidade é a de acompanhar pedidos de ordens de compra em tempo real. Ah, visualizar os dados administrativos dos seus investimentos, como o seu saldo, é outra funcionalidade importantíssima que a ferramenta oferece aos investidores.

E por ultimo, mas não menos importante: a compra e venda de ações. Esta é a grande e principal funcionalidade de qualquer Home Broker.

Anúncios


Quais as vantagens e os riscos envolvidos?

As principais vantagens em utilizar o Home Broker são a agilidade, a praticidade e a redução de custos que ele proporciona ao investidor.

Agilidade porque só através dessa ferramenta é possível comprar e vender ações com autonomia.

Praticidade porque a plataforma é acessível de qualquer lugar, basta que se tenha acesso a internet.

E a redução de custos porque utilizar a ferramenta dispensa a necessidade de operadores para executar pedidos de ordem.

Um dos principais riscos está em não conhecer bem a corretora de valores escolhida, pois ela estará por trás da plataforma. Por isso, selecione corretoras com reputação de qualidade.

Outro risco é não tomar cuidado com os seus dados. Por isso, utilize sempre dispositivos e redes de internet confiáveis para realizar as suas operações. Assim, você minimiza as chances de furto e uso indevido dos seus dados.

Como comprar e vender ações?

Para comprar e vender ações no Home Broker, utiliza-se a Boleta, dentro da plataforma.

Basta inserir o código ou ticket do ativo, a quantidade e o preço pelo qual deseja comprá-lo.

Anúncios


Assim que você envia a ordem de compra para a corretora através do Home Broker, o pedido segue automaticamente para o sistema da Bolsa de Valores.

A ordem será executada se a ação estiver disponível para compra e alcançar o valor oferecido por você. O processo de venda é exatamente igual.

Sendo assim, podemos concluir que o Home Broker tem três funções principais:

  • Compra e venda de ações;
  • Acompanhamento das cotações em tempo real;
  • Visualização da carteira de investimento e extrato.

Portanto, trata-se de uma ferramenta segura e também indispensável para o seu sucesso nos investimentos.

E então, te explicamos tudo direitinho? Ficou por dentro do que é Home Broker e como usá-lo a seu favor na hora de investir? Se este artigo foi útil para você, não deixe de compartilhar nas suas redes sociais!

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta