O que é Dividend Yield? Acabe com todas as suas dúvidas agora

Saiba tudo sobre o dado que revela o poder de rentabilidade por trás das ações de cada empresa

Está pensando em começar a investir? Bem, não existe a menor possibilidade de você fazer isso de maneira correta se não souber o que é Dividend Yield.

É que, sem ele, investir não faria o menor sentido. No mundo dos investimentos, saber o que é dividend yield é uma regra básica, do tipo fundamental.

Traduzido do inglês, yield significa lucro. Dentro do mercado financeiro, utilizamos o termo para ilustrar o rendimento anual de um determinado ativo em juros ou dividendos.

Esse rendimento é traduzido na porcentagem da cotação daquele investimento! O dividend yield é sinônimo de produção, lucro, frutos. Um bom investidor precisa, portanto, saber exatamente do que se trata.

Anúncios


Acompanhe a leitura do nosso artigo até o final e tire todas as suas dúvidas sobre o dividend yield!

O que é o dividend yield?

O dividend yield é o primeiro dado que um investidor deve analisar a respeito de uma ação. Ele é o indicador que mostra a quantas anda o pagamento dos dividendos das empresas.

Ao investir, as pessoas esperam obter lucros, obviamente. Só que existem aqueles investidores que contam, também, com a distribuição periódica dos lucros das empresas que lançam suas ações no mercado.

Quando compramos ações de uma empresa, nos tornamos parte dela. Isso significa que temos direito a receber parte dos lucros que o negócio tem gerado.

A performance das empresas é medida pelo dividend Yield. Por isso, antes de comprar ações, é de extrema importância analisar esses dados em relação à empresa que as está vendendo. Assim, você não corre o risco de dar um passo em falso e sair no prejuízo.

Anúncios


E o que é dividend payout?

Conhecer o conceito de dividend payout é tão importante quando saber a respeito do dividend yield. Entendendo ambos, o investidor consegue interpretar melhor o momento econômico das empresas que pensa em investir.

Anúncios


Em resumo, se trata da porcentagem de um lucro líquido dividido entre os acionistas. Esse retorno é uma remuneração através dos dividendos ou juros sobre capital próprio.

O cálculo funciona assim: divide-se o valor total distribuído para os acionistas pelo lucro líquido da empresa. Por exemplo: digamos que uma empresa teve R$ 200 milhões de lucro líquido anual. A distribuição total de R$ 100 milhões aos acionistas indica que o payout foi de 50%.

O lucro destinado aos acionistas deve constar no estatuto da empresa. A lei não determina uma porcentagem mínima a ser distribuída, portanto, é a empresa que decide.

Anúncios


Como calcular o dividend yield?

É bem fácil calcular o dividend yield de uma ação. Qualquer investidor pode fazer isso por conta própria, pois o cálculo não é nada complexo.

Basta, apenas, dividir os valores pagos por ação daquela empresa no último ano pela cotação atual das mesmas. Simples assim! Confira a fórmula abaixo:

Imagine que a ação de uma empresa custa R$ 100 e pagou, durante os últimos 12 meses, R$ 1 em dividendos para os acionistas. Quando dividimos R$ 1 por 100, obtemos 0,01. Por isso, o dividend yield é igual a 1%.

Entendeu por que compreender o que é dividend yield é tão importante? Investir sem ter rendimentos é perca de dinheiro e tempo. Para aumentar as chances ter sucesso em suas aplicações, é importante saber interpretar este dado.

Como escolher as ações certas?

Se o seu objetivo com os investimentos é colher dividendos e talvez até viver deles no futuro, você precisa investir com base em análises feitas por profissionais. Também é necessário saber bem qual é o seu perfil de investidor e quais são os seus reais objetivos a longo prazo.

Saber encontrar o dividend yield vai permitir com que você compare o rendimento entre as empresas e invista em ações coniventes com o seu planejamento. Se o seu objetivo for viver de dividendos, por exemplo, é importante investir nas empresas que tenham o dividend yield mais alto.

Mas, analisar o indicador requer muito cuidado. Às vezes, quando o preço de uma ação está muito baixo, o dividend yield pode passar uma falsa impressão. O dado varia inversamente às cotações do papel. Por isso, valores mais baixos podem aparentar que a empresa paga dividendos melhores do que os reais.

Anúncios


Escolher as melhores ações e investimentos requer uma análise consciente do cenário. Portanto, a sua decisão deve levar em conta diversos fatores, não apenas no dividend yield.

Este artigo foi útil para você? Então, aproveite para dividir conhecimento com os seus amigos e familiares, compartilhando-o nas suas redes sociais!

Investir é um dos pilares para ter um futuro prospero, financeiramente falando. Por isso, não perca tempo! Confira como começar a investir e descubra o quanto antes quais são as melhores corretoras de valores do mercado.

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0