Ações Ordinárias X Ações Preferenciais: Entenda as diferenças

Antes de começar a investir na Bolsa de Valores, o investidor deve levar uma série de fatores em consideração. Um deles é entender quais ações se encaixam melhor ao seu perfil de investidor. Você sabe o que são ações preferenciais? Conhece a diferença para outras ações? Fique tranquilo, pois vamos te explicar tudo, nos mínimos detalhes, ao longo deste artigo.

Antes de mais nada, tenha em mente que entender o que são ações preferenciais é fundamental para qualquer investidor iniciante. Além disso,você também precisa, é claro, compreender como esse tipo de investimento funciona na prática. Sem conhecimento, não há como ter sucesso.

Nós, do blog CiClick, estamos aqui para te ajudar a investir melhor. Você está preparado para aprender? Então, fique com a gente até o fim desta leitura para saber tudo sobre as ações preferenciais!

Anúncios


O que é uma Ação?

Ações representam pequenas partes de uma empresa. Elas podem ser compradas ou vendidas na Bolsa de Valores! São usadas, pelas empresas, para conseguir mais dinheiro. E assim, conseguem dar continuidade ao funcionamento dos negócios!

Uma ação é igual a uma parte pequena, a menor de todas, do capital social de uma empresa. Quando você investe (compra) em uma ação, você se torna sócio da empresa que a vendeu.

Todas as empresas que abrem capital (permitem a entrada de novos sócios) e vendem ações na Bolsa de Valores são uma Sociedade Anônima de Capital Aberto. Além disso, elas estão devidamente registradas na Comissão de Valores Mobiliários.

A compra de ações é um investimento de alto risco! Portanto, antes de começar a investir nelas, é recomendável que o investidor tenha uma reserva de emergência, que garanta, no mínimo, 6 meses de contas pagas. 

Uma das máximas do mundo dos investimentos é respeitar sempre o seu perfil de investidor. Caso você ainda não saiba em qual deles se encaixa, vale a pena estudar sobre o assunto antes de começar.

Anúncios


O que é uma Ação Preferencial?

Prioridade na hora de receber os dividendos (lucros) e prioridade de reembolso em caso de falência da empresa. Estas são as duas vantagens que tornam uma ação em preferencial. Na Bolsa de Valores, podemos identificá-las pelas terminações 4, 5, 6, 7 e 8.

Anúncios


Dividendos, caso você não saiba, são a parte do lucro da empresa que fica com o investidor que comprou uma ação. Os seus valores são proporcionais ao rendimento da empresa no período investido e ao número de ações que o investidor comprou.

Em muitas dessas ações, o investidor tem direito a votar em assembleias que decidem diversos aspectos da companhia.

No caso de ações preferenciais sem direito ao voto, quem as compra tem ao menos um dos direitos abaixo:

  1. Receber parte dos dividendos, que devem corresponder a, no mínimo, 25% do lucro líquido de um período.
  2. Receber, por cada ação preferencial, valor que seja no mínimo 10% superior ao de ações comuns.
  3. Direito de ser incluído caso haja oferta pública de alienação e controle. Deve receber dividendo, ao menos, igual ao das ações comuns.

Ou seja, as ações preferenciais colocam nas mãos do investidor o direito de receber os lucros da empresa antes dos acionistas “comuns”! Em caso de falência da empresa, eles serão os primeiros a receber os pagamentos. Quem investe em ações preferenciais tem uma série de vantagens, ou seja, preferências – e daí, vem o nome.

Anúncios


Ações X Ações Preferenciais – Entenda melhor a diferença

Podemos dizer que a principal diferente entre as ações comuns (ordinárias) e ações preferenciais são os benefícios que elas oferecem.

As ações preferenciais costumam oferecer mais vantagens econômicas. Comprando ações normais, o investidor não pode, por exemplo, participar de assembleias ou ter direito a voto. Já o investidor que adquire ações preferenciais tem o direito de participar de decisões dentro da empresa.

A liquidez das ações preferenciais também é maior. Um investidor tem muito mais facilidade na hora de vendê-las. Claro que isso depende do momento de cada empresa, mas não é à toa que uma ação tem a alcunha de “preferencial”.

Anúncios


A identificação das ações ordinárias também é diferente. Todas são identificadas, dentro da Bolsa de Valores, pela terminação 3. Ao se deparar com um ticket de terminação 3, saiba que trata-se de uma ação comum, não-preferencial.

Não queremos dizer, aqui, que as ações preferenciais são melhores do que as ordinárias. Isso vai depender, acima de tudo, dos seus objetivos com os investimentos.

É a partir dessa definição que você saberá encontrar quais ações adquirir. Portanto, tenha clareza acerca do que pretende realizar/alcançar.

Bônus: Units – O que é isso?

As Units, nada mais são, do que mais uma forma diferente de investir em ações. Elas constituem um conjunto com diversos tipos de ações em um único investimento!

Anúncios


Existem Units onde é possível encontrar ações ordinárias e preferenciais juntas! Interessante para investidores que tem objetivos onde ambos os tipos de ações entram na estratégia. Dentro da Bolsa de Valores, ela são identificadas pela terminação 11.

E aí, você já conhecia as ações preferenciais? Sabia que existiam diferentes tipos de ações na Bolsa de Valores? Aproveite para compartilhar este conhecimento valioso com seus amigos e familiares nas redes sociais!

Fernanda Reis
Redatora formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, fotógrafa nas horas vagas e mãe da Aurora. Nascida e criada em Recife (PE). Em seus 28 anos de vida, sempre teve paixão por escrever e um interesse especial pelas áreas de Economia e Finanças.

Artigos Relacionados

Em Alta

Aguarde…

0