Investir na poupança realmente vale a pena?

Vários brasileiros cultivam o hábito de poupar dinheiro – guardá-lo, assim, quando o fazem utilizam dois métodos; a primeiro é guardá-lo no colchão e a outro é por meio da poupança, a segunda é a opção de investimento preferida no Brasil.

Contudo, por se tratar de um investimento simplificado e fácil para as principais movimentações financeiras, não incide a cobrança de imposto de renda em seus rendimentos e por isso, os brasileiros sentem-se seguros para fazê-lo.  

Porém, o que muitos brasileiros não sabem é que a poupança pode não ser a melhor opção de rentabilidade e talvez guardar o dinheiro no colchão seja uma opção até melhor quanto ela.

Anúncios


Ficou curioso para descobrir se vale a pena investir na poupança? Então vem com a gente e descubra tudo aqui em nesse artigo!

Vamos lá!

Sobre a Poupança

A poupança é a categoria de investimentos básicos, sua finalidade nada mais é que a de poupar dinheiro periodicamente, se engana quem acredita que a caderneta de poupança é voltada para adquiri rentabilidade ou lucro.

Sua capacidade de rendimento é limitada ao Tesouro Selic, digamos que é o termômetro de parâmetro do cenário financeiro do país, ou seja, se a economia vai bem, seu rendimento será razoável, contudo, se ela estiver mal, então você perderá dinheiro.

Anúncios

Por fim, para a sua abertura, movimentação e arrecadação é necessário pouco capital, e sem grandes movimentações, vale ressaltar que a ideia inicial dessa foi a utilização de cadernetas para anotar pequenos gastos, por isso sua essência é poupar.

O rendimento da poupança vale a pena?

Anúncios


Isso vai depender da sua realidade e perfil investidor; se você não tem medo de investir e passar para outro patamar de investimento, a poupança é a melhor saída, contudo, se quiser ver seu dinheiro render, então, essa não é a melhor opção.

Ainda mais com o atual cenário financeiro do país quando a inflação supera o Tesouro Selic e provoca uma queda em sua taxa e deixa e poupança em maus lençóis.

Anúncios

Quais as garantias de investir na poupança?

Se você tem a ideia de investimento mais seguro – com certeza, vai se surpreender em saber que não é. Como todos as categorias de investimentos, a poupança, apresenta riscos, porém, não como outros investimentos.

Esse risco acontece porque a poupança é vinculada à saúde financeira do banco e do fundo garantidor de crédito (FGC), juntos a asseguram depósitos no valor máximo de R$ 250 mil por CPF caso a Instituição decrete falência.

Quais as taxas de rendimento da poupança?

Esse é outro ponto que pode gerar controvérsias, isso porque a caderneta de poupança tem uma margem de rendimento de até 70% do tesouro Selic combinado a taxa referencial (TR).

Anúncios

Dessa forma, se o Tesouro Selic estiver negativo por conta inflação, com certeza, investir na poupança é perder dinheiro. Assim, a margem de cálculo hoje poderá ser baseada da seguinte forma 3,75% a. a., ou seja, 2,45% ao ano; Selic + Taxa Referencial ou 0,202% ao mês.

Quais as desvantagens em investir na poupança?

O ciclo mensal, esse é um dos grandes problemas da poupança, o que significa dizer que seu rendimento ocorre em data específica e de aniversário.

Imagine o seguinte: se você decide abrir uma conta poupança hoje o rendimento só será disponibilizado quando completar o ciclo mensal, ou seja, um mês após a data de abertura e isso ocorre a cada mês.

Quais as opções além da poupança que rendem mais?

São várias opções no mercado financeiro, se você estiver disposto e tiver corregem para investir, isso porque cerca de 2 milhões de brasileiros alegam ter receio em fazer investimentos fora da poupança.

Anúncios

Dessa forma, o primeiro passo é saber se você realmente está disposto a desistir da caderneta de poupança, sendo for o caso, você poderá investir em; os CDBs ou o Tesouro Selic.

Como posso investir em outros investimentos mais rentáveis que a poupança?

Bem simples.

Hoje em dia é fácil achar uma corretora de investimentos por meio do acesso à internet, ou se preferir, diretamente na agência na qual você possui conta bancária. 

Se optar por ir em sua agência; converse com seu gerente e discuta qual o melhor investimento para aplicar seu capital sem correr grandes riscos.

Contudo, se sua opção for por uma corretora de investimentos, atente as taxas administrativas cobradas sobre os rendimentos, essas empresas são especializadas no setor financeiro e no mercado de investimentos.   

Por fim, sempre acompanhe seus rendimentos e avalie se a aplicação esta ocorrendo de maneira lucrativa.

Anúncios

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. após isso, abra a sua conta bancária e comece a investir ou poupar. Não deixe de acompanhar outros artigos aqui em nosso blog sobre investimentos e torne-se um verdadeiro investidor.

Artigos Relacionados

Em Alta